Mini-Reviews TV TV

The Good Place – Series Finale – 4ª Temporada

PODE CONTER SPOILERS DE THE GOOD PLACE!!!

Quando The Good Place mostrou a sua cara em 2016, revelou-se como uma comédia como nunca antes se viu, misturando um estilo de humor característico, uma premissa inovadora mas adorável e, acima de tudo, uma equipa à frente e por detrás das câmaras que se manteve à altura do desafio. Quando se pensava que a série não nos poderia surpreender, as temporadas seguintes foram-nos mostrando sinais de evolução orgânica, transcendendo a sua premissa-base e construindo, a partir daqui, uma das pérolas da segunda metade da década anterior. E foi recentemente que esta série fechou as suas portas, deixando claramente o melhor para o fim.

Decorrendo imediatamente após o midseason finale anterior, o Soul Squad – composto por Eleanor (Kristen Bell), Tahani (Jameela Jamil), Jason (Manny Jacinto), Janet (D’Arcy Carden), Michael (Ted Danson) e um recém-desperto Chidi (William Jackson Harper) – tenta encontrar um sistema de pontos alternativo que dita quem vai parar ao Lugar Bom e ao Lugar Mau, antes que o Universo seja alvo de mais um reboot. Será que este grupo conseguirá cumprir com a tarefa quase impossível?

The Good Place series finale

O MELHOR:

Estes episódios finais de The Good Place englobam tudo o que a série sabe fazer de melhor.

Para quem nunca acompanham a série, é fácil de ver The Good Place como “apenas mais uma série de comédia disfuncional”. No entanto, quem acompanha a série desde o primeiro episódio sabe bem que é muito mais do que isso. Esta é uma série que sim, possui uma clara veia de comédia, mas também vai mais longe no que toca ao ponto de vista filosófico sobre as verdadeiras capacidades do ser humano para ser bom em termos de ética. É também uma série que, apesar de ser uma comédia no seu estado mais puro, também nos consegue oferecer uma melhor evolução das suas personagens centrais e também de alguns personagens secundários pelo caminho.

Este lance final de episódios desta temporada final englobam precisamente essas mesmas qualidades e elevam-nas para novos horizontes, mostrando claramente os passos que estes tomaram desde que agraciaram os nossos ecrãs pela primeira vez.

The Good Place series finale

Mas esta é uma temporada de despedida, acima de tudo, e The Good Place deixou claramente o melhor para o fim, dando um enlace positivo para todos os personagens principais. Alguns nay sayers podem ver esta conclusão como um bocado previsível, mas nem essa previsibilidade nos consegue preparar para as despedidas emocionais e os seus trajetos conclusivos que esperam a este grupo. The Good Place sempre nos habituou a vermos algumas figuras dentro da indústria da comédia e algumas celebridades – seja pela presença regular de Maya Rudolph ou Marc Evan Jacksone estes episódios finais deixaram presenças como Timothy OlyphantLisa Kudrow, Nick Offerman ou Mary Steenburgen como alguns trunfos na manga – mas nem mesmo estes conseguiram ofuscar os trajetos da Soul Squad, o que é ótimo!

The Good Place series finaleO PIOR:

Nada a apontar. Nada de nada. The Good Place oferece-nos aquele que pode muito bem ser um dos melhores finais de 2020. Emotivo, engraçado, e bem satisfatório. Este é um final que, apesar de deixar algumas pequenas perguntas bastante subjetivas, não deixa de encerrar todas as portas deixadas em aberto, e faz precisamente isso da mesma forma que nos habituou: evoluindo os seus conceitos, mas mantendo-se fiel ao seu ADN.

The Good Place deixa-nos, assim, as nossas vidas, com um buraco que dificilmente será preenchido, por mais séries semelhantes que nos possam vir aparecendo. Mas ao menos conclui-se como uma das séries mais consistentes em anos recentes.

Podem ler o Mini-Review anterior de The Good Place aqui.

Estado da série: TERMINADA

0 94 100 1
94%
Average Rating

Ainda custa a acreditar que The Good Place tenha chegado ao fim, mas ao menos deixa-nos um quarteto de episódios que nos dá uma conclusão sólida e que se mantém leal ao seu ADN.

  • 94%

Comments