Frame by Frame Supergirl TV

Supergirl – 5×09 – Crisis On Infinite Earths: Part 1

PODE CONTER SPOILERS DE SUPERGIRL!!!

Crisis on Infinite Earths, quando foi lançado nas bandas desenhadas entre 1985 e 1986, foi um grande marco na história da DC Comics. Este mesmo evento cósmico também teve direito a um Easter Egg aquando da temporada inaugural de The Flash, um que tem ganho cada vez mais força quando outros elementos como Terras paralelas, seres cósmicos e afins foram sendo introduzidos neste universo televisivo. E agora, em pleno 2019, sete após a estreia de Arrow, a série da The CW que pura e simplesmente recomeçou a “renascença” moderna dos super-heróis no pequeno ecrã, esse mesmo evento é o centro do crossover anual das séries. E Supergirl atira a primeira pedra.

Uma onda de anti-matéria promete a destruição de todos os universos que se atravessam no seu caminho, com a Terra-38 – o universo-natal de Kara (Melissa Benoist) e companhia – como o próximo alvo. Com o intuito de tornar esse universo como ponto de resistência, Mar Novu (LaMonica Garrett) e Harbinger (Audrey Marie Anderson) reúnem vários heróis – Oliver Queen/Green Arrow (Stephen Amell) e a sua filha, Mia (Katherine McNamara), Barry Allen/The Flash (Grant Gustin), Kate Kane/Batwoman (Ruby Rose), Sara Lance/White Canary (Caity Lotz) e Ray Palmer/The Atom (Brandon Routh) – para combaterem a ameaça do Anti-Monitor. Numa medida preventiva, Alex (Chyler Leigh) vê-se obrigada a pedir ajuda a Lena (Katie McGrath).

Supergirl 5x09

Não é propriamente um segredo que a primeira parte num destes crossovers anuais tem a tarefa árdua de estabelecer os riscos e parte da história desse ponto em diante. É uma tarefa que nem todos os crossovers conseguem cumprir da melhor forma possível. Felizmente, esta primeira parte triunfa nesse mesmo campo. Ao fim de uma hora, Crisis On Infinite Earths: Part One estabelece tudo o que precisamos de saber para este crossover (pelo menos para já): os personagens principais e secundários, os motivos de cada um deles, o oponente em comum e, claro está, os riscos.

Desde cedo, enfrentamos planetas e universos destruídos, incluindo Argo City, logo, já devem estar bem atentos ao papel tanto de Clark (Tyler Hoechlin) como de Lois (Elizabeth Tulloch) – estabelecendo um pouco do que poderemos esperar do tal spin-off de Supergirl – mas também nos elucida que este é um evento que ninguém está a salvo. E a reação de Kara e companhia a estas novidades mais negras servem para instigar o que poderemos esperar deste evento.

Ainda houve um espaço para outras narrativas paralelas de Supergirlcom Alex e Lena forçadas a uma “tréguas ténues” pelo bem da Humanidade. É uma curta cena, claro, mas não deixa de elucidar que, no meio de tantos riscos, ainda há um pouco de espaço para melodrama da série.

Supergirl 5x09

Esta primeira parte do crossover pode conter o nome Supergirl, mas não se pode negar que grande parte do seu ADN também conta com uma porção de Arrow. E não podíamos ver isso melhor do que nas várias interações de Oliver Queen com outros membros do elenco, com Mia e Sara a serem os maiores destaques, especialmente considerando que a série está mesmo perto de chegar ao fim. Mas se estas interações – que possuem o seu devido mérito – não vos bastam, não se preocupem, que Stephen Amell conta com um par de surpresas na manga. E mais não digo.

De ressaltar que é quase obrigatório estarem atentos, uma vez que, sendo este crossover centrado no multiverso, contem esperar alguns cameos pelo meio. Uns já sabíamos graças a notícias de castings, outros que se revelaram agradáveis surpresas.

E assim, começa a Crisis on Infinite Earths. Enquanto aguardamos pela segunda parte – a cargo de Batwoman – podem reler o Frame By Frame anterior de Supergirl aqui.

0 85 100 1
85%
Average Rating

Supergirl dá o pontapé de saída no mais recente crossover, Crisis on Infinite Earths. E esta primeira hora deixa-nos com um gosto por mais.

  • 85%

Comments