Frame by Frame Mr. Robot TV

Mr. Robot – 4×08 – 408 Request Timeout

Mr. Robot 4x08

PODE CONTER SPOILERS DE MR. ROBOT!!!

Depois de um episódio anterior deveras surpreendente, seria de esperar que o episódio seguinte de Mr. Robot não chegasse ao mesmo topo. Pelo menos em termos de estética. Portanto, e como já podem imaginar, Request Timeout está longe de ser um festim visual como outros episódios da série, mas não deixa de ter um certo impacto emocional.

Após as revelações do episódio anterior, Elliot (Rami Malek) tenta encontrar uma maneira de lidar com a sua dor, encontrando, no processo, uma terceira personalidade que assume uma forma familiar. Ao mesmo tempo, Darlene (Carly Chaikin) e Dom (Grace Gummer) tentam encontrar uma maneira de passar a perna a Janice (Ashlie Atkinson).

Mr. Robot 4x08

Request Timeout pode não ter o mesmo flair para o teatro que o episódio anterior mostrou ser, nem tão genial que alguns episódios de temporadas anteriores, mas ninguém pode dizer que este episódio não foi uma montanha-russa de emoções. E grande parte desse apreço parte justamente de Elliot.

Descobrir a verdade sobre o seu passado negro deixou Elliot afetado, em pânico, sem saber o que fazer. Alguns podem ver isto como uma forma de abrandar o avanço da narrativa principal sobre a Dark Army e Whiterose, mas para outros – inclusive eu – serve como uma pintura mais humana do hacker de Mr. Robot. Os seus traumas moldaram no homem que ele é hoje, nas ligações que estabeleceu ao longo da sua vida. E é impossível não sentirmos empatia pelo seu trajeto pessoal do personagem.

Entra a nova personalidade, que toma a forma de um jovem Elliot (Evan Whitten). Embora não se saiba (ainda) qual é a sua função dentro da mente do Elliot adulto, mas parece como se servisse como uma espécie de auto-perdão por coisas que não conseguia controlar. Pode também representar uma espécie de “inocência perdida” de Elliot depois dos eventos traumáticos; fica a questão em aberto, no fim e ao cabo. Mas é impossível negar o impacto das cenas entre MalekWhitten. E isto sem mencionar também o heart-to-heart com Mr. Robot (Christian Slater), também ele tocante por seu próprio mérito.

Mr. Robot 4x08

Enquanto o segmento de Elliot e as representações das suas personalidades representaram o fator emocional do episódio, o segmento de Darlene e Dom foi certamente tenso. E muito se deve à presença de Janice. Atkinson provou vezes e vezes sem conta que a sua presença como uma mandatária da Dark Army tem tudo para causar um certo desconforto, especialmente nas suas interações com Dom, mas este episódio eleva esse mesmo desconforto para níveis inimagináveis. Durante esse mesmo segmento, Janice tortura, ameaça, bla bla bla, enquanto exibe um à-vontade desconcertante e que a elevam como uma das personagens-surpresa desta temporada.

Portanto, a forma como Darlene e Dom “safam-se” desta situação sem vitória aparente pode parecer um tanto ou quanto fora da realidade, mas não deixa de ser satisfatório em vários níveis. Além disso, permite reincorporar um velho conhecido da série de uma forma também ela satisfatória.

Podem ler o Frame By Frame anterior de Mr. Robot aqui

Comments