Black Lightning Frame by Frame TV

Black Lightning – 3×05 – The Book of Occupation: Chapter Five: Requiem for Tavon

PODE CONTER SPOILERS DE BLACK LIGHTNING!!!

Bem, após uma semaninha de férias, eis que Black Lightning parece estar a preparar-se para virar o jogo de forma nunca antes vista antes. Mas vamos por partes primeiro.

Neste episódio, Lynn (Christine Adams) faz uma descoberta para a sua cara que a coloca numa rota de colisão com um “velho amigo”. Jefferson (Cress Williams) abraça uma nova missão. Nafessa (Nafessa Williams) torna-se no novo alvo de Odell (Bill Duke). E Henderson (Damon Gupton) começa a reunir possíveis revolucionários.

Black Lightning 3x05

Uma temporada anterior e alguns episódios depois, é bom ver que Black Lightning está finalmente a entrar nos eixos, e digo isto no melhor sentido possível. A temporada anterior viu o erguer da comunidade de meta-humanos em Freeland, mas tal foi abordado da pior forma possível. E o facto de a maior parte desta temporada encontrar a cidade cercada pela ASA também deixa a desejar, apesar de contar com um meta-comentário bastante poderoso sobre a segregação das minorias. O que marca Requiem For Tavon é que todo o build-up que temos vindo a testemunhar nestas semanas começam a surtir o seu efeito, embora o resultado ainda esteja para aparecer de forma bastante satisfatória.

E acreditem, o episódio conta com algumas doces surpresas pelo caminho. Seja pelo twist encabeçado por Henderson, ou o tête-a-tête que Lynn possui com, nada mais nada menos, Tobias Whale (Marvin ‘Krondon’ Jones III), dão um boost dramático que a série há muito estava a precisar. Mas nenhum destes batem a narrativa principal, que viu Jefferson e Anissa a fazerem os (im)possíveis para resgatar Tavon (Jasun Jabbar Wardlaw Jr.), uma operação que não corre conforme o planeado e nos presenteia com alguns momentos raramente poderosos, mesmo para Black Lightning. De uma certa forma, os episódios pré-Crisis on Infinite Earth preparam o palco para o capítulo seguinte da série.

Black Lightning 3x05

Apesar desta melhoria, Black Lightning continua com um grande problema do costume: apresenta IMENSAS narrativas ao mesmo tempo! Claro que isto marca a série pela diferença na Arrowverse (afinal, as restantes só precisam de duas ou três narrativas ao mesmo tempo sem tropeçarem em si mesmas), mas não deixa de ser estranho vermos tantos eventos a desenrolarem-se perante os nossos olhares e ficarmos com uma reação semelhante a “hã?”. O efeito seria diferente se restringissem as narrativas ao extremamente necessário.

Podem ler o Frame By Frame anterior de Black Lightning aqui.

0 72 100 1
72%
Average Rating

Ainda que repleto de falhas, Black Lightning começa a melhorar a olhos vistos.

  • 72%

Comments