Batwoman Frame by Frame TV

Batwoman – 1×05 – Mine Is a Long and Sad Tale

PODE CONTER SPOILERS DE BATWOMAN!!!

Não é propriamente um grande segredo que tenho um grande desprezo por Batwoman. Claro que a série conta com alguns momentos redentores, mas não deixa de ser uma grande desilusão. E um dos maiores elementos desse estado reside em Alice (Rachel Skarsten), que foi tida como uma espécie de arqui-inimiga de Kate Kane (Ruby Rose) e a desiludir-nos uma e outra e outra vez. Pois bem, este episódio tenta redimir desses problemas. Mas será que é triunfante?

No episódio, Kate e Alice voltam a cruzar caminhos, agora com a primeira a exigir respostas sobre o seu passado. Ao mesmo tempo, Mary (Nicole Kang) descobre o segredo de Catherine (Elizabeth Anweis) e refugia-se no álcool.

Batwoman 1x05

O momento mais interessante em todo o episódio reside quando Alice conta as suas próprias experiências a Kate durante o seu curso. Claro que, para esse efeito, temos direito aos já “obrigatórios” flashbacks da Arrowverse, mas estes até conseguem complementar a história atual do episódio. Nestes, vemos Beth (Ava Sleeth) logo após o acidente que a separou da sua família. Estes momentos podem ser curtos, mas mostram um aperitivo do que aconteceu a Beth e o seu trajeto de vítima de sequestro até se transformar na psicopata atual da série.

No entanto, será que estes momentos conseguem redimir Alice no grande esquema da série? Sim e não. De certa forma, este pequeno primeiro capítulo do passado de Beth ajuda a contextualizar as suas ações e as suas vítimas. No entanto, o mesmo não se aplica a Skarsten, que continua a pintar Alice de uma forma quase caricata e a entoar várias citações de Alice no País das Maravilhas. Claro que ainda tem alguns momentos mais tocantes, especialmente quando a sua faceta de Beth Kate surge, mas nada disto redime uma personagem que pode ser descrita como meh.

Batwoman 1x05Infelizmente, um episódio que se tornou fatídico para o clã Kane acaba por ser demasiado populado com a presença das Hamiltons. O episódio mostra-nos Mary a reagir às novidades em volta do segredo de Catherine de uma forma que parece ser uma espécie de passo atrás para a personagem, ou seja, vemo-la a refugiar-se no álcool e a visitar a Wayne Tower de forma a tentar reparar a sua relação com Kate. Não é apenas um momento intrusivo, como também não tem necessariamente humor certeiro pelo meio. E o facto de Luke (Camrus Johnson) ser apanhado pelo meio de tanto constrangimento também não ajuda nessa questão.

Podem ler o Frame By Frame anterior de Batwoman aqui.

0 57 100 1
57%
Average Rating

Este episódio de Batwoman serve como uma ilustração do passado traumático de Beth/Alice, mas pouco ou nada adiciona para a trama principal.

  • 57%

Comments