Frame by Frame The Flash TV

The Flash – 6×04 – There Will Be Blood

The Flash 6x04

PODE CONTER SPOILERS DE THE FLASH!!!

Com tanta coisa a acontecer ao mesmo tempo, é fácil esquecer que a Crisis on Infinite Earths está a poucas semanas de tomar lugar. E The Flash é uma das poucas séries que nos vai relembrando esse build-up, mas também da bagagem emocional a ela associada.

Barry (Grant Gustin) prossegue com a sua missão de tentar preparar a equipa para um mundo sem o Flash, desta vez ensinando algumas lições de liderança a Cisco (Carlos Valdes). No entanto, Cisco também está à procura de maneiras de salvar Barry de um destino cruel. Entretanto, Ramsey (Sendhil Ramamurthy) continua a tentar encontrar maneira de curar a sua doença; e Ralph (Hartley Sawyer) não se encontra nos seus melhores dias.

The Flash 6x04

Até agora, esta sexta temporada tem sido mais light nos clássicos super-confrontos do costume, em favor das ligações um-a-um dos vários membros do elenco da série. O episódio anterior deu-nos um aperitivo desta dinâmica através de Barry e Killer Frost (Danielle Panabaker). E apesar do potencial desta dinâmica, é difícil não apontar o exemplo impecável das interações desta semana.

Muito se deve ao trabalho duplo entre Barry e Cisco, que atravessa novamente uma fase conturbada, com Barry a tentar dar lições a Cisco e Cisco incessantemente à procura de soluções para salvar o seu melhor amigo. Temos direito a um pouco de tudo com estes dois, desde o slapstick humor até aos momentos mais emocionais, e é impossível não ficarmos indiferentes. No entanto, há que mencionar a cena final entre Barry e Joe (Jesse L. Martin), conseguindo ilustrar o melhor que os dois atores conseguem fazer.

The Flash 6x04

O episódio também encontra espaço de sobra para ilustrar a queda livre de Ramsey, e é aqui que continuamos a testemunhar o potencial que este novo antagonista pode trazer à série. Claro que poderá não superar outros antagonistas como Eobarth Thawne ou Zoom, mas existe algo nele que consegue servir como um “pedido de desculpas” pelo fracasso de Cicada na temporada anterior. E mesmo as cenas dele acabam por ser adequadas para o episódio – que tem um travo ao Dia das Bruxas – especialmente com os seus blood zombies. Numa única palavra: creepy.

E depois temos Ralph. Verdade seja dia, ele podia ter recaído novamente no clássico humor a que estamos habituados a ver desde a sua introdução. Felizmente, o episódio tomou uma rota diferente do habitual, o que até acabou por trazer algo diferente. E valendo o que vale, serve para causar ainda mais hype para a chegada eventual de Sue que, nas bandas desenhadas, é a mulher de Ralph.

E quanto a Nash Wells? Bem, este está a ser uma caixinha de surpresas, pelo menos para já. A sua primeira aparição certamente foi uma franca melhoria quando comparado com Sherloque Wells, mas este episódio deu-nos ainda mais razões para o podermos apreciar nesta temporada. E isto sem falar da sua clara ligação com a Crisis on Infinite Earths. Resta esperar por mais para ver.

Podem ler o Frame By Frame anterior de The Flash aqui.

0 80 100 1
80%
Average Rating

The Flash torna a surpreender com as suas dinâmicas tocantes e um vilão como nunca se viu há muito tempo.

  • 80%

Comments