DC Universe's Titans Frame by Frame TV

Titans – 2×06 – Conner

PODE CONTER SPOILERS DE TITANS!!!

Um dos grandes problemas da temporada anterior de Titans residia no seu sistema de como queria contar a sua narrativa. Num episódio, testemunhávamos o desenrolar normal da narrativa, para depois dar-nos um episódio focado em personagens que podem, ou não, influenciar a narrativa. Tivemos direito a episódios soberbos nessa questão – Doom Patrol é um desses melhores exemplos – mas outros deixaram um bocado a desejar. E é nesse impasse em que encontramos este Conner.

O episódio arranca momentos depois da cena pós-créditos do season finale anterior, com o Subject 13 (Joshua Orpin) a fugir das instalações da Cadmus na companhia do adorável Krypto. O que segue é uma road trip em que o Subject 13, que adota o nome de Conner, vai vivenciando a sua vida, ao mesmo tempo que procura respostas do seu passado envolvido em mistério. E isto enquanto em fuga das forças da Cadmus liderada por Mercy Graves (Natalie Gumede).

Titans 2x06

Com certeza que não devo ser o único que estivesse apreensivo com a chegar de Conner Kent, também conhecido como Superboy, para o elenco de Titans. Não só estamos perante a primeira itineração do personagem em live-action, como também temos um relativo desconhecido a interpretá-lo. Felizmente, Orpin conseguiu calar através da sua presença no episódio. Conner consegue exibir uma espécie de ingenuidade e alegria tipicamente ligada a uma criança infantil, mas também não descura de alguns momentos mais complexos. Claro que este protagoniza também alguns dos momentos mais ligados à ação – algo que, discutivelmente, pode ser considerado o “ganha-pão” da série – mas existe algo simpatizável ao vermos esta “criatura”, na falta de uma melhor palavra, a tentar encontrar o seu lugar no mundo. Também ajuda quando tem um cão adorável – e perigoso, também – como seu fiel companheiro.

No entanto, ficava a questão de sabermos qual seria a rota a tomar com o personagem. Felizmente, Titans tentou manter-se com a versão mais conhecida – e recente – de Superboy, uma que também já viu a luz do dia em Young Justice, por exemplo. E esse conflito interno – Conner ser um clone com o ADN tanto de Superman como de Lex Luthor – serve como uma força para avançar com a narrativa.

Titans 2x06

E embora não tenhamos a possibilidade de ver estes dois rivais no ecrã tão cedo, a sombra da sua rivalidade mostra uma enorme sombra. Enquanto Superman tem direito a relatos na terceira pessoa através de outras personagens, Lex tem direito a relatos na primeira pessoa através de Lionel Luthor (Peter MacNeill), numa postura completamente diferente do habitual quando pensamos no personagem visto em Smallvile.

Apesar disso, fica a ideia de que este episódio pode muito bem ser visto como “desnecessário”. O elenco atual de Titans já se encontra sobrelotado tal como está, mas este episódio também começa a incluir outras personagens que roçam entre o “tolerável” e o “meh“. E a forma como este episódio liga à conclusão do cliffhanger anterior (fun fact, também houve uma sondagem semelhante à da banda-desenhada Batman: A Death in the Family) só nos aumenta a preocupação da presença de Superboy na série, correndo o risco de não ser bem manuseado depois deste episódio impressionante.

Podem ler o Frame By Frame anterior de Titans aqui.

0 77 100 1
77%
Average Rating

Apesar de ser um novo capítulo desnecessário que perturba o ritmo normal da série, Conner Kent tem direito a uma aterragem quase perfeita no elenco de Titans.

  • 77%

Comments