DC Universe's Titans Frame by Frame TV

Titans – 2×04 – Aqualad

Titans 2x04

PODE CONTER SPOILERS DE TITANS!!!

Esta primeira parte da nova temporada de Titans tem assentado na ideia sobre os fantasmas do passado. E temos visto isso em algumas das dinâmicas do grupo, especialmente entre os Titans veteranos, deixando algumas dicas de algumas das suas ações que levaram ao ponto onde se encontram neste momento. E este episódio consegue responder a algumas dessas questões, mas não da forma como se estava à espera.

Este episódio para cinco anos atrás, numa altura em que os Titans – que consistem em Dick (Brenton Thwaites), Dawn (Minka Kelly), Donna (Conor Leslie), Hank (Alan Ritchson) e Garth (Drew Van Acker) – funcionavam como uma família quasi-unida. No entanto, uma série de eventos prometem colocar a equipa à prova, em mais do que uma maneira possível.

Titans 2x04

Titans, por vezes, consegue jogar com as nossas próprias expectativas. E um desses casos reside no tratamento dos Titans originais. Em vez dos “sanguinários” e negros que vimos durante as suas apresentações na temporada anterior, temos direito a ver uma perspetiva mais otimista do que o habitual. E isto sem mencionar algumas dinâmicas bem diferentes, como o caso de termos Dick e Dawn mais próximos que o habitual (algo a que a série já tinha deixado bem patente vezes e vezes sem conta).

No entanto, a grande diferença reside na presença de Garth nesta equipa. Considerando a sua estadia relativamente curta, estava à espera que esta nova adição ao elenco crescente, estava à espera que este não causasse uma grande impressão. E ainda assim, Drew Van Acker conseguiu impressionar pela sua presença física, mas também pela sua presença carismática.

Titans 2x04

Outras vantagens que este episódio reside no foco em Garth e de como este funciona dentro da equipa. Embora não tenhamos visto necessariamente como este funciona com os terrestres (embora as suas interações com Dick e Hank deixem alguns indícios), a verdade é que as suas interações com Donna acabaram por surtir um maior resultado. Não pela palpável tensão sexual entre os dois teammates, mas também porque existem algumas semelhanças entre os dois, apesar das suas diferenças mais do que claras.

O episódio foi ainda mais longe ao explorar um pouco mais de Slade Wilson. Esai Morales tem mostrado alguns pontos a seu favor nesta sua versão e, embora este episódio continue a apostar no método do slow burn, temos direito a uma maior exploração da sua vida pessoal, especialmente quando somos apresentados a Jericho (Chella Man). Infelizmente, o Dr. Light continua a ser uma desilusão tremenda, com a sua história de origem a ser “mais do mesmo”.

Ainda assim, nem todo o mistério está resolvido, e este episódio deixou as sementes para as verdadeiras revelações em episódios futuros. Podem ler o Frame By Frame anterior de Titans aqui.

0 70 100 1
70%
Average Rating

O episódio mais recente de TItans investe no passado e acaba por sair vencedor em mais do que uma área.

  • 70%

Comments