Frame by Frame Pennyworth TV

Pennyworth – 1×08 – Sandie Shaw

Pennyworth 1x08

PODE CONTER SPOILERS DE PENNYWORTH!!!

Com o final de Pennyworth mesmo perto de tomar lugar, é impressionante como, só agora, a faceta mais política da série começa a tomar os seus maiores contornos. Infelizmente, esse mesmo elemento continua a ser um dos elementos mais fracos da série, no seu todo.

Neste episódio, Alfred (Jack Bannon) encontra uma ajuda inesperada na busca pelo capitão Curzon (Charlie Woodward), alegadamente o assassino de Esme. No entanto, a sua missão revela-se mais dificultada graças a várias pressões políticas. Aliás, enquanto Lord Harwood (Jason Flemyng) planeia o seu próximo passo, as várias fações políticas – incluindo a própria Rainha D. Isabel II (Jessica Ellerby) – também fazem as suas jogadas.

Pennyworth 1x08

Como tinha mencionado tantas vezes antes durante as minhas críticas anteriores, Pennyworth ganha mais apelo nos seus conceitos de espionagem do que propriamente os jogos políticos. Muito porque esses mesmos elementos não conseguem fazer juz à intriga prometida aquando da estreia da série. Isso mesmo pode ser encontrado neste episódio da série, com uma franca porção da narrativa centrada na próxima jogada de poder de Lord Harwood e de como as suas ações conseguem influenciar as pessoas à sua volta.

Diga-se de passagem que Jason Flemyng está a revelar-se como uma surpresa quando comparado com a sua primeira aparição na série, cada vez mais carismático e com uma clara presença no ecrã. Apesar desta clara surpresa semanal, a verdade é que o resto da trama política continua a não ter exatamente o mesmo apelo do que se estava à espera. Especialmente considerando que tantas outras séries de teor políticos conseguiram atingir os mesmos efeitos testemunhados, mas com um maior apelo e interesse do que o testemunhado aqui.

Pennyworth 1x08

Por isso, torna-se interessante como é que o segmento de Alfred, embora previsível, conseguisse encontrar uma réstia de interesse para a série. Em grande parte por causa do regresso de Bet (Paloma Faith), que se revela como uma aliada interessante na missão pessoal de Alfred (e com quem possui uma dinâmica curiosa e, surpreendentemente, engraçada).

Mas mais do que isso, Pennyworth conseguiu alargar a sua rede de corrupção. Após ter visto Gotham, não me surpreendo por testemunhar a corrupção dentro da força política e policial. Ainda assim, não deixa de nos apresentar alguns gut punches espalhados de uma forma bastante generosa, deixando-nos na expectativa do que poderemos esperar da vida de Alfred, agora que este acabou por se complicar ainda mais.

Podem ler o Frame By Frame anterior de Pennyworth aqui

0 60 100 1
60%
Average Rating

Embora haja um segmento ou outro de Pennyworth que funcione às mil maravilhas, o enredo político continua a deixar bastante a desejar.

  • 60%

Comments