Frame by Frame Preacher TV

Preacher – 4×04 – Search and Rescue

Preacher 4x04

PODE CONTER SPOILERS DE PREACHER!!!

Bem, eis que Preacher volta a oferecer alguns dos momentos mais chocantes que apresentou (se bem que deixaram um travo um tanto ou quanto amargo na boca, em mais do que uma ocasião).

Neste episódio, Jesse (Dominic Cooper) e o piloto Steve (Ditch Davey) conseguem sobreviver ao acidente de avião que ocorreu no final do episódio anterior, mas acabam por tentar sobreviver no alto mar. Entretanto, Tulip (Ruth Negga), na sua tentativa de resgatar Cassidy (Joseph Gilgun), dá de caras com uma verdadeira surpresa.

Preacher 4x04

Confesso que fiquei, de certa forma, surpreendido com a sequência em que Jesse se encontrou neste episódio. Não é a primeira vez que este usa o Genesis nas outras pessoas para conseguir obter o que realmente deseja, e isso tornou-se bem patente nas suas interações com o Capitão Steve, que foi mais como uma espécie de “saco de boxe” para Jesse enquanto aliado relutante. No entanto, nem mesmo o dom da Voz de Deus conseguiria preparar Jesse para os várias problemas que viria enfrentar. Não só tinha de tentar sobreviver em alto-mar, no meio do nada e sem hipóteses de resgate.

A minha surpresa recai nas próprias interações entre Jesse e Steve, que reganha uma espécie de “respeito mútuo” e trocas de vivências. E isto sem mencionar o facto de voltar a apresentar a Jesse que o Genesis, apesar de ser benéfico, também tem os seus limites. Resta esperarmos para ver se o Pastor terá aprendido a dura lição no meio de alto-mar e com pouquíssimos recursos.

Preacher 4x04Entretanto, e através da velha “boa sorte” de Tulip, somos apresentados perante à chegada de um ser da mitologia cristã. Neste caso, o verdadeiro Jesus Cristo, interpretado por Tyson Ritter que, até agora, tem interpretado o irritante Humperdoo. Isto pode ter permitido ao ator desdobrar-se um pouco mais além do que um papel de parolo autêntico, mas também a sua inclusão podia ter sido escusada no grande esquema desta temporada final. O mesmo se aplica a Adolf Hitler (Noah Taylor) que, apesar de aparecer agora de uma forma quasi-esporádica, já mostra sinais de estar a mais e a perder o seu efeito inicial.

Mas pelo menos, o que salva esta narrativa (sem ser as várias formas de escapadela que Cassidy tenta encontrar ou Tulip a encontrar obstáculos uma e outra e outra vez) é a vontade de reunir os vilões mais importantes num mesmo local, como se estivéssemos a preparar para um desenlace sem precedentes para Preacher. Pelo menos é essa a ideia que retém após concluir que, no mesmo espaço, podemos encontrar Adolf Hitler, mas também Herr Starr (Pip Torrens) e mesmo Deus (Mark Harelik). Portanto, all bets are off por agora.

Podem ler o Frame By Frame anterior de Preacher aqui.

0 66 100 1
66%
Average Rating

Apesar de continuar a perder pontos de uma forma um tanto ou quanto consistente, Preacher ganha em character development e de nos dar valentes dicas sobre o que nos reserva para o resto da temporada.

  • 66%

Comments