Frame by Frame Suits TV

Suits – 9×05 – If the Shoe Fits

Suits 9x05

CONTÉM SPOILERS DE SUITS!

Bem-vindos de volta a Specter Litt Williams Wheeler, a empresa de advocacia mais mexida do momento. Temos uma visita que muitos ansiavam: Mike Ross!! (O icónico Patrick J. Adams). Mas Mike regressa com sede de um confronto com Harvey e um caso que brota entre um dos seus clientes entra em conflito com um de Samantha que entra numa rixa com o antigo protégé de Harvey. Louis está com problemas no matrimónio com Sheila, já que a gravidez a torna exageradamente emocional. Katrina pede ajuda a Donna para esquecer Brian.

Suits 9x05

Quando um regresso deste tamanho (falando de Mike Ross) espera-se sempre que haja companheirismo, momentos de algum lazer e, como já é característico em Suits, uma pequena fight para “medirem pilinhas” (peço desculpa pela linguagem, mas chamar-lhe braço de ferro parecia-me demasiado soft) uns com os outros. Enquanto isso pudesse resultar noutro contexto que não a temporada final da série, este episódio absorve-se numa novela desnecessária e, em vez de colocar as personagens a respirar um pouco de alívio e a aproveitar este regresso da melhor forma, os argumentistas optaram por quererem criar mais dilemas desnecessários.

Tirando a porção de episódio focado em Amanda Schull que acabou por tirar algumas das melhores linhas de diálogo, Suits continua a estar demasiado embrenhada numa novela pouco relevante em vez de se preocupar em criar o desenlace perfeito para os fãs que a acompanham há já 9 anos seguidos. A verdade é que as personagens estão ainda demasiado presas àquilo que as desune do que propriamente o que as liga. Isto é um problema geral de muitas séries, mas Suits é campeã número um em ceder a isto.

Suits 9x05

É demasiado tentada a ter de criar picardias para incentivar o espectador a vê-las em ação e isso até poderia resultar se fosse noutra altura ou contexto. Tão perto do fim e ainda perdemos tempo com estas pequenas coisas fúteis e superficiais. Claro que vermos Patrick J. Adams de volta nos dá sempre um pouco de conforto e a nostalgia chega inevitavelmente, mas este regresso espelhou a necessidade absurda (que por esta altura não devia existir) de o colocar na posição de ter sempre um motivo para se chatear com Harvey ou agitar a tranquilidade da empresa.

Pior do que isso é a infantilidade com que os argumentistas cismam em deixar as personagens estagnar nos seus piores defeitos e não saber aproveitar primariamente as qualidades que advêm delas. Portanto, mesmo que entretenha, este episódio de Suits é oco e pouco criativo, constantemente a criar enredos infantis que já deviam estar arrumados dentro de uma gaveta e trancados a sete chaves.

Suits 9x05

Leiam o nosso Frame by Frame anterior de Suits aqui.

0 52 100 1

52%
Average Rating

Apesar de Patrick J. Adams ser sempre bem-vindo, Suits não consegue resistir à tentação de o colocar em ação para proporcionar entretenimento fácil que está constantemente a estagnar as restantes personagens.

  • 52%

Comments