Mini-Reviews TV TV

GLOW – Season Finale – 3ª Temporada

GLOW Season Finale

CONTÉM SPOILERS DE GLOW!

As wrestlers mais famosas da televisão estão de volta e o resultado não podia ser melhor. A série da Netflix continua a apostar na diversidade, ainda que por vezes não consiga surpreender. As nossas protagonistas preparam uma apresentação num famoso casino de Las Vegas, mas uma tragédia em direto na televisão deixa todas assustadas, fortalecendo os seus laços.

GLOW Season Finale
GLOW

O MELHOR:

GLOW é incrivelmente divertida quando se foca separadamente nas mulheres que compõem a sua narrativa.

Não é uma série extraordinária e, ao contrário dos críticos, não vejo GLOW como um exercício fulcral de feminismo nem procuro justificar a diversidade como mote de qualidade do argumento da série. No entanto, reconheço o seu valor por isso, ainda que, no seu sumo todo, a série não me conquiste verdadeiramente em termos de temática.

As personagens são adoráveis, apesar de tudo. Betty Gilpin e Alison Brie têm uma química interessante, e a sua relação é o veículo ideal para a série arrancar e desenvolver momentos engraçados enquanto vai explorando as relações entre as restantes de forma gradual. Isto resulta a longo prazo, ampliando a visão do espectador e adornando a narrativa com alguns momentos prazenteiros.

O humor, que nem sempre é fugaz ou explícito, oscila entre o razoável e o bom, ainda que seja frágil em abordar algumas das temáticas.

GLOW Season Finale
GLOW

O PIOR:

É quando os enredos amorosos entram em ação e as constantes “turras” entre as protagonistas que deixam GLOW num patamar pouco evolutivo.

Sente-se que a série entra em modo de novela a certo ponto e priva-se de encontrar conforto em dar tempo de antena a todos os secundários que compõem a sua história. Por vezes, inclusive, torna-se maçuda porque as personagens não conseguem sair dos seus meios e trazer algo de original para uma história demasiado preocupada em se destacar pelos motivos sociais que são os seus objetivos primários.

Mesmo com um elenco competente e um humor divertido (em doses moderadas), GLOW é um exercício que se esquece de criar uma história cativante a longo prazo porque prefere realçar as suas competências sociais em detrimento da narrativa.

GLOW Season Finale

Ainda assim, esta terceira temporada apalpa terreno para eventos interessantes caso seja renovada. Teremos de esperar para ver e, com alguma esperança, que GLOW encontre um sítio confortável onde possa apostar mais numa história mais sólida sem se preocupar já em ser socialmente mais relevante do que pode.

Estado da Série: STAND-BY

Leiam a nossa Mini-Review anterior de GLOW aqui.

0 60 100 1
60%
Average Rating

Apesar das personagens adoráveis, GLOW continua a não surpreender na construção da sua história, utilizando a sua relevância social para ofuscar as suas intenções.

  • 60%

Comments