Frame by Frame La Casa de Papel TV

La Casa de Papel – 3×08 – Astray

PODE CONTER SPOILERS!

E chegamos ao grande final da temporada 3 de La Casa de Papel. E que final,  meus amigos! Tivemos direito a tudo que mais nos apaixonou na série: esquemas, ação, amor e companheirismo. Mas vamos por partes…

Raquel e Professor estão numa situação bastante complicada depois de terem a polícia ao seu pé, principalmente ela. Depois de ser apanhada pelos donos da quinta onde se escondeu e estes a quererem entregar, assistimos a uma cena bastante emocionante, onde o casalinho declara o seu amor um pelo outro. A tensão vai aumentando com a iminência dela ser entregue, enquanto tenta dissuadir os camponeses com dinheiro.

Enquanto isso, no Banco de Espanha as coisas também não estão muito bem. Tóquio está completamente descontrolada depois de ser abandonada por Rio e quase deita tudo a perder. É então que metem em ação um novo plano, com uma grande heroína: Sofía, o furão que consegue por momentos enganar a polícia. Mas aqui, estes são mais espertos, nomeadamente Sierra, que atinge o ponto fraco de um dos elementos do grupo.

Fazendo chegar um urso de peluche com um telefone e uns comprimidos vermelhos a Nairobi, consegue destabiliza-la. Utiliza o filho desta como “arma” e o inevitável acontece: esta é atingida com uma bala. Tudo isto enquanto Raquel é apanhada e supostamente morta, pelo menos aos ouvidos do Professor.

A assaltante está a morrer e o grupo não tem outra opção senão atacar com tudo, fazendo explodir os tanques do exército. Agora, não há volta a dar. Eles pisaram o risco e fizeram estragos graves. Professor caiu no seu próprio esquema e a inspetora demonstra ser uma rival à altura. Estou realmente expectante para perceber como irá ser a temporada 4, com este ano a ser  apenas um aperitivo para o que vem aí.

Claramente que este regresso era dispensável e foi feito apenas com o intuito comercial, mas ainda assim, esta 3ª toma de capítulos cumpriu na perfeição aquilo que pretendia: não estragar a história e entreter. Ainda que não nos entregue nada de novo, o certo é que consegue surpreender e cativar-nos, principalmente graças às personagens tão bem construídas e que nos apaixonaram deste o primeiro momento.

Também todas as novas adições do elenco são acertadas, assim como foi incrivelmente bem feito o “regresso” de Berlim, um dos personagens mais queridos e que fazia sentido ter de volta. Ainda que muitas vezes pareça mais do mesmo, a mensagem que querem passar é forte e continua bem presente. A liberdade, a critica social ao sistema, a força no povo. É aqui que está a força da série. Fazerem-nos sentir que fazemos parte de tudo, muito para além de toda a parte mais novelesca do assalto.

La Casa de Papel chegou, viu e venceu. Contra todos que achariam que iria colocar o passado por água a baixo, o certo é que é impossível não ficar entusiasmado com cada episódio, assim como com todos os ingredientes que continuam a resultar e desejar por mais. Somos a Resistência. Até já!

Leiam o nosso Frame by Frame anterior de La Casa de Papel aqui. 

0 95 100 1
95%
Average Rating

La Casa de Papel chegou, viu e venceu. Contra todos que achariam que iria colocar o passado por água a baixo, o certo é que é impossível não ficar entusiasmado com cada episódio, assim como com todos os ingredientes que continuam a resultar e desejar por mais. Somos a Resistência. Até já! 

  • 95%

Comments