Mini-Reviews TV TV

Euphoria – Season Finale – 1ª Temporada

Euphoria Season Finale

CONTÉM SPOILERS DE EUPHORIA!

Adolescência. Aquela fase difícil das vidas do ser humano. Uma que é tão volátil quanto uma tempestade de raios e trovões. Uma era de descoberta, de experiências, de loucuras e, acima de tudo, de fragilidade e preocupação. Euphoria é a nova série da HBO, escrita por Sam Levinson, que se foca na vida de um grupo de estudantes do ensino secundário e das suas vidas ocultas. Rue é uma junkie. Consome todo o tipo de drogas para apaziguar a sua mente da sua triste vida passada. É bipolar e não consegue deixar de sentir tudo o que a rodeia de uma forma muito intensa. Apesar de estar na reabilitação mais vezes do que os anos da sua vida, Rue conhece Jules, uma transsexual, que atinge o seu coração como uma flecha.

Euphoria Season Finale

Já Jules também não teve um passado fácil e, após iniciar a sua transição, arranja encontros com estranhos para explorar a sua feminidade, algo que, mais tarde, faz ricochete contra si própria. Nate Jacobs vive traumatizado pela vida dupla do seu pai e torna-se abusivo com a sua namorada Maddie. É o típico jockey, rico, de boas famílias, com um corpo atlético e aptidão para o futebol, no entanto, certas dúvidas sobre a sua sexualidade começam a interferir com o seu dia a dia. Kat é aquela menina com excesso de peso que descobre uma vocação escondida e aproveita-se disso para satisfazer a necessidade de apreciação do seu próprio corpo. Estas são apenas algumas das ricas personagens de Euphoria.

A série constrói-se de forma genial, adotando o estilo mosaico para lançar o seu mote. Apesar de toda a história ser narrada por Rue, todas as personagens vão tendo o seu tempo de antena para ficarmos a conhecer as suas próprias vidas. É isto que torna Euphoria numa das melhores apostas do século XXI no retrato da adolescência, pois adapta-se às novas gerações sem medo de cometer riscos.

Euphoria Season Finale

O MELHOR:

Praticamente tudo.

Há certas histórias paralelas que não são tão interessantes mas, no geral, Euphoria prima por se desviar do conceito cliché da abordagem adolescente. Levinson trabalha os seus atores de forma sublime e enriquece a narrativa com elementos de filmagem excelentes sem qualquer tipo de receio.

Zendaya, a sua musa, é extraordinária. Ela lidera com afinco e o restante elenco é, igualmente, magnífico. Há um desleixo próprio no desenvolvimento das personagens, tal e qual como a fase em que elas se inserem na própria vida. Para além de toda a lascividade, ousadia e revelações sociais importantes, Euphoria é um produto que não tem medo de mostrar a sua verdadeira faceta. É uma série corajosa e que explora aspetos sociais que raramente vieram à superfície de uma forma tão intensa e tão visualmente explícita.

É por este tipo de construção despreocupada que Euphoria se distingue das demais séries adolescentes. Mas não é só em termos argumentativos que a série ganha, já que Levinson revela uma preocupação em pintar estas histórias com cor, edições rápidas e uma banda sonora extremamente adequada. É quando tudo entra em sintonia que a série brilha.

Euphoria Season Finale

Hunter Schafer é também uma das revelações mais poderosas. A forma como expõe a sua história, com tudo o que isso tem de bom ou mau para a sua afirmação sexual, é extremamente cativante e nota-se que há um trabalho atrás das câmaras em transpor essa história para o ecrã. Mas, acima de qualquer outra coisa, o retrato de Schafer é extremamente relevante nos dias que correm.

Portanto, Euphoria é uma das séries mais competentes do ano. Não só por tudo o que foi mencionado em cima, como também pela sua notória capacidade da abordagem da doença mental num contexto problemático da fase crítica da transição para a idade adulta. Mas, acima de qualquer outra coisa, Euphoria é um conto que se preocupa com a intensidade com que levamos a vida nestas idades.

Euphoria Season Finale

O PIOR:

Como dito em cima, há certas histórias que não são tão cativantes, como o caso de Cassie ou Maddie, mas todas elas são essenciais para o fluxo da história e para diversificar o rol de personagens que vão surgindo no ecrã.

Estado da Série: RENOVADA

Leiam outras Mini-Reviews aqui.

0 96 100 1

96%
Average Rating

Euphoria é uma das séries mais importantes deste ano, com um elenco fabuloso liderado pela carismática Zendaya e que explora, sem medos e receios, a fase mais complicada do ser humano, com tudo o que de bom e mau isso traz.

  • 96%

Comments