Mini-Reviews TV TV

Jane The Virgin – Series Finale – 5ª Temporada

Jane The Virgin Series Finale

CONTÉM SPOILERS DE JANE THE VIRGIN!

Há certas séries que nos deixam uma marca profunda, outras que passam despercebidas. Há aquelas que já sabemos de antemão que terão um certo impacto em nós, outras que inesperadamente conseguem atingir-nos como uma flecha. É o caso da história de Jane Gloriana Villanueva, a doce venezuelana que, desde muito jovem viveu com a sua mãe e a sua avó, numa aventura de ir viver para um novo país. Contra todas as odes, esta família conseguiu encontrar o seu cantinho de felicidade, tal como nas mais badaladas telenovelas latinas que, até nós, portugueses, vemos e adoramos.

Jane The Virgin Series Finale
Jane The Virgin — “Chapter One Hundred” — Image Number: JAV519a_1543.jpg — Pictured (L-R): Gina Rodriguez as Jane and Justin Baldoni as Rafael — Photo: Kevin Estrada/The CW — © 2019 The CW Network, LLC. All Rights Reserved.

Jane The Virgin é provavelmente um dos casos mais belos que a televisão proporcionou nos mais recentes anos. É uma viagem cheesy, repleta de clichés e de melodrama que, de uma forma muito especial, consegue tocar no seu público. Nem tudo o que é já comum tem necessariamente que ser repetitivo e, nesta série da The CW, há sempre algo de fresco para nos manter investidos na sua narrativa. Com twists abundantes (e mirabolantes, bem mesmo ao estilo de telenovela), Jane The Virgin chega ao fim, apelando a todos os valores que incutiu desde o seu “nascimento”.

É irresistível, socialmente relevante e combina um poder sentimental genuíno, capaz de nos fazer lutar pelo nosso próprio final feliz. A boa disposição aliada ao forte sentimentalismo, torna a série rica em expressar as mais puras emoções de que o ser humano é composto. Os estereótipos, a cheesiness e todos estes elementos abundantes das raízes latinas fazem com que esta história seja surpreendentemente eficaz. É a combinação perfeita para nos transportar para o nosso próprio quotidiano e fazer-nos repensar em todos os momentos mais importantes das nossas vidas. A família, o amor, a amizade, o companheirismo, o perdão, a descoberta, e até mesmo a imprevisibilidade de que, para todos nós chegarmos ao nosso final feliz, é preciso dor, sofrimento, perda e mudança.

Jane The Virgin Series Finale
Jane The Virgin — “Chapter One Hundred” — Image Number: JAV519a_0294.jpg — Pictured (L-R): Gina Rodriguez as Jane and Justin Baldoni as Rafael — Photo: Kevin Estrada/The CW — © 2019 The CW Network, LLC. All Rights Reserved.

Mesmo que tudo isto se misture sistematicamente e cause uma agitação frenética da vida, é precisamente o saborear os momentos mais felizes que nos faz agarrar a toda esta viagem. Apesar de nem tudo ter sido propriamente um “mar de rosas” neste regresso de temporada, Jane The Virgin prova, através da sua simplicidade e doçura, que é possível fazer retratos destes aspetos contraditórios da vida e torná-los verdadeiramente únicos. É uma ode à comunidade latina, com todas as características mais enraizadas da cultura, como também é uma celebração da mulher. É o trio protagonista que é a essência de tudo o que é contado em Jane The Virgin, especialmente os laços que as unem. São mães, esposas dedicadas, trabalhadoras árduas e gladiadoras seus destinos.

É, claro, impossível não esquecer todas estas personagens deliciosas que a série nos foi apresentando, com um especial agradecimento a Jaime Camil pelo seu retrato magnífico da estrela de telenovelas Rogélio De La Vega. É provavelmente uma das personagens que se tornou mais vincadas na minha vida por abraçar toda a composição fiel do típico ator de telenovela. Com ele rimos, recordamos todas aquelas vedetas das novelas que acompanhávamos numa idade mais jovem. E, de facto, foi através delas que os momentos em família se tornaram ainda mais próximos. Recordo-me vivamente de ver A Indomada (uma novela brasileira) com a minha mãe, tios e avó. De comentar com os amigos mais próximos as aventuras de Cabeção e companhia da New Wave. De rir com a ascensão dos D’ZRT depois de estar na escola com todos os colegas que viam os Morangos com Açúcar. Todas estas telenovelas repletas de clichés e de twists de deixar o queixo caído tiveram um impacto na minha, e certamente na vida de todos os outros que as acompanharam, junto da família e dos amigos. É algo cultural e mágico.

Jane The Virgin Series Finale

Portanto, após um final extremamente emocional, muito ao estilo de tudo o que foi mencionado antes, Jane The Virgin despede-se e irá deixar uma saudade inigualável. E se, com isto, ainda estiverem receosos, pensem que a nostalgia (que tem sido cansada pelas constantes renovações de séries e entrar numa rampa de moneymaking desmedida) ainda tem o seu espaço puro e doce na comunidade televisiva de forma despretensiosa.

E, acima de qualquer outra coisa, se pensam que a vossa história está constantemente a oscilar, saibam que todos poderão lutar pelo seu happy ending. Cliché ou não, todos nós o procuramos e, é com estes pequenos exercícios que ganhamos força para continuarmos a lutar por ele.

Jane The Virgin Series Finale
Jane The Virgin — “Chapter One Hundred” — Image Number: JAV519a_0833.jpg — Pictured (L-R): Castillo Guerra as Manuel, Rita Moreno as Liliana, Diane Guerrero as Lina, Andrea Navedo as Xo, Jaime Camil as Rogelio, Gina Rodriguez as Jane, Justin Baldoni as Rafael, Ivonne Coll as Alba and Alfonso DiLuca as Jorge — Photo: Kevin Estrada/The CW — © 2019 The CW Network, LLC. All Rights Reserved.

Estado da Série: TERMINADA

Leiam a nossa Mini-Review anterior de Jane The Virgin aqui.

0 94 100 1

94%
Average Rating

Apesar de nem toda a temporada se ter mantido constante, Jane The Virgin termina da forma mais doce, pura e genuína que era pedido. A história da jovem latina atinge um nível de felicidade que inspira as nossas próprias vidas.

  • 94%

Comments