Frame by Frame La Casa de Papel TV

La Casa de Papel – 3×04/05 – Boom, Boom, Ciao/The Red Boxes

PODE CONTER SPOILERS!

As coisas estão a ficar cada vez mais complicadas para o nosso grupo de assaltantes. O inspetor Tamayo já percebeu que não os pode combater seguindo o protocolo, portanto terá de mudar as coisas realmente se os quer combater. Claro está, que o Professor rapidamente se irá aperceber disso também…

É realmente incrível vermos as cenas do passado com Berlim (Pedro Alonso), Sergio e Palermo (Rodrigo de la Serna) a combinarem o plano e irmos sabendo detalhe a detalhe que tudo corre como planeado. E acho que esse é mesmo um dos trunfos da série. A inteligência com que unem os enredos e nos fazem perceber que está tudo interligado, como desde início. Este é um plano mais emotivo e não acredito que o nosso Professor o esteja a fazer apenas por Rio (Miguel Herrán). Porque será?

Apesar de tudo, continuam a cometer alguns erros de principiantes, como na situação do Governador, onde eu pensava mesmo que eles tinham destruído tudo. Denver (Jaime Lorente) é uma rapaz impulsivo e isso já se viu mais que uma vez. Aqueles 5 minutos finais são de cortar a respiração, com o homem praticamente morto, o tempo para sairem dali a acabar, a polícia prestes a entrar e, como se não bastasse, termina o capítulo com uma explosão. E agora?

Felizmente temos o episódio seguinte à nossa mão para não sofrermos com a espera e posso dizer que as coisas estão realmente a aquecer em La Casa de Papel. 

E, quando pensavamos que estava tudo perdido, somos mais uma vez surpreendidos. A polícia entra com tudo, pensando que iria finalmente apanhá-los. No meio de um tiroteio cheio de cenas de ação de nos fazer ficar sem ar, Denver sai do edifício com umas caixas vermelhas na mão e um lenço branco. Deixamos de respirar por momentos, até percebermos que aquilo é mais um esquema realmente inteligente do Professor.

Aquelas caixas contêm os segredos mais sujos do Governo e agora estão na posse deles para usarem quando bem lhes apetecer e rapidamente a polícia percebe que tem de se retirar, agora que estão todos nas mãos dos assaltantes.

Mesmo com toda esta movimentação e plot twists, o capítulo só deveria ter um título: Nairobi (Alba Flores). Palermos irrita-se com um dos reféns e quase o mata e é necessário ter mão nele. Quem melhor do que uma mulher cheia de força? No meio da tensão e da emoção, esta assume que é apaixonada por Helsinquia e que não tem medo de admitir, ao invés dele, que sempre foi apaixonado por Berlim e manteve tudo em segredo, sabendo que agora nunca lhe poderá dizer. Desde o texto às interpretações, resultou tudo nesta cena e certamente entra para o Top 10 das melhores da série.

Gosto ainda de ver que Helsi tem cada vez mais destaque e que é um personagem tão fácil de gostar. Aquele homem grande e com ar assustador, afinal é um coração mole que apenas quer amar e ser amado. E finalmente descobrimos a razão do título da hora anterior… A cena “Boom, Boom, Ciao” é linda!

La Casa de Papel parece melhorar a cada episódio, com a tensão cada vez maior e o nosso coração a acelerar muito mais vezes. A narrativa prende exatamente como aconteceu nas temporadas passadas e é impossível parar depois de começar.

P.S: Por favor não transformem Miguel no novo Arturito! O rapaz merece melhor… E por falar neste ser irritante, porque é que ele não morreu? PORQUÊ? Não o aguento mais!

Leiam o nosso Frame by Frame anterior de La Casa de Papel aqui.

0 81 100 1

81%
Average Rating

La Casa de Papel parece melhorar a cada episódio, com a tensão cada vez maior e o nosso coração a acelerar muito mais vezes. A narrativa prende exatamente como aconteceu nas temporadas passadas e é impossível parar depois de começar. 

  • La Casa de Papel - 3x04 - Boom, Boom, Ciao
    78%
  • La Casa de Papel - 3x05 - The Red Boxes
    84%

Comments