Frame by Frame The 100 TV

The 100 – 6×09 – What You Take with You

Bellamy e Clarke em fuga pela floresta, Octavia perdida com um membro que não pertence ao grupo dela, Abby e Kane em lados opostos, Raven no espaço… Estamos em que ano mesmo? Só faltou aquela pitadinha do Murphy a fazer das suas para voltarmos definitivamente no tempo.

Mas vamos ao que interessa.

Josephine e Bellamy tiveram as interações mais divertidas que já vi na série. Não foram cenas tiradas de uma série de comédia, mas ver a fria e calculista Josephine a entrar em confronto com o carinho e bondade de Bellamy foi algo de outro mundo.

A verdade é que a relação de Bellamy e Clarke sempre foi algo estranho. Quando olhamos para a dupla, muitos fãs imaginam uma grande história de amor, no entanto, se analisarmos a situação de outro ponto de vista, é tudo muito complicado com ameaças de morte, traições e trocas.

Mas, aquilo que todos queríamos que acontecesse, aconteceu. Clarke está de volta e vai ao encontro de Gabriel. Mal ela sabe que Octavia também está com o antigo prime. Nos próximos episódios vamos ter reencontros muito esperados e, sinceramente, estou ansiosa por ver o meu trio favorito – Clarke, Bellamy e Octavia – juntos.

E, por falar nisso, a Blake mais nova saiu da anomalia temporal diretamente para os braços de Xavier|Gabriel e eu não fui a única a reparar no penteado novo. Octavia não sabe bem explicar o que aconteceu, mas Xavier tentou ajudá-la e isto levou a um dos confrontos mais épicos da temporada.

Octavia vs Pike pela memória de Lincoln era um dos demónios que eu estava ansiosa por ver, mas Octavia vs Bloodreina era o que mais precisávamos. A irmã de Bellamy derrotou o seu maior demónio e a prestação de Marie foi de louvar. Bloodreina no more.

Enquanto isso, Kane debate-se com o seu novo corpo e com as implicações morais das atitudes dos primes. Abby acredita que eles devem entrar no jogo – mal ela sabe o que aconteceu com a filha -, mas no fim é Raven quem vence esta batalha.

Raven e Kane acordam Indra – FINALMENTE! – e os três conseguem retomar o controlo da nave. Apesar de Abby lhes implorar que parem, Indra retira o sangue das mãos de Simone e a mãe de Clarke percebe imediatamente o que eles pretendem fazer. Após implorar, Raven permite que Abby se despeça de Kane.

Foi um momento bastante emotivo e podemos Henry Ian Cusick uma última vez como Marcus Kane, umas personagem que nas últimas temporadas conseguiu conquistar um lugar no coração dos fãs. Com a morte desta personagem, resta-nos tentar perceber qual o objetivo de Abby continuar na série, sendo que já não tem objectivo óbvio a não ser lamentar-se.

Já deu para perceber que muitos fãs de The 100 não andam felizes com a nova temporada, mas, com toda a sinceridade, a série de Jason Rothenberg tem surpreendido episódio após episódio. É perfeitamente comum nas mais variadas séries, e vocês sabem que eu estou a dizer a verdade, os personagens acabarem por se esquecer dos erros do passado; algumas personagens morrem e são imediatamente esquecidas; acontecem pequenos momentos que nos marcam, mas que os produtores deixam cair no esquecimento. The 100 não é exceção a esta regra.

Com tanto a acontecer por todo o lado, é muito fácil o enredo seguir em frente e o lado mais humano, o lado das memórias, do arrependimento, ficar para trás. Por isso, nada me deixa mais feliz do que ver as minhas personagens favoritas a enfrentarem finalmente os seus demónios e a darem-nos closure em diversos pontos.

Podem ler o Frame by Frame anterior de The 100 aqui.

0 90 100 1
90%
Average Rating
  • 90%

Comments