Big Little Lies Frame by Frame TV

Big Little Lies – 2×05 – Kill Me

Big Little Lies 2x05

CONTÉM SPOILERS DE BIG LITTLE LIES!

As Monterey Five estão de volta e a história começa a aquecer. Enquanto Madeline e Ed continuam a tentar a terapia de casais, já memórias da infância vagueiam na mente de Bonnie, com a sua mãe em estado frágil no hospital. Mary Louise faz uma visita a Renata, que está a passar um mau bocado na bancarrota. Após uma rixa na escola, Celeste e Jane reforçam os seus laços. Mary Louise pretende ganhar a custódia dos gémeos e o ir a tribunal coloca Celeste numa posição difícil.

Big Little Lies 2x05

Apesar de os episódios estarem bastante amenos em termos de desenvolvimento, Big Little Lies continua a conquistar por trabalhar os laços das protagonistas. Meryl Streep continua a ser uma excelente adição que “agita as águas” e provoca uma estranha sensação de desconforto. Mas a verdade é que são os twists do fim que conquistam neste episódio. Estávamos a precisar de um pouco de ação e de perceber de que forma a história ainda pode crescer mais.

No entanto, Big Little Lies é uma celebração da mulher em muitos aspetos e, um dos maiores (e melhores) é mesmo o facto de apostarem na característica mais pura e genuína de todas: ser mãe. Neste episódio, há um instinto maternal forte, através de Celeste, Jane e Renata. Vê-las a trabalhar o seu forte instinto, torna o episódio bem mais cativante. É por explorar estes aspetos que a série da HBO continua a provar que sabe ser tocante sem cair em pretensiosismos.

Big Little Lies 2x05

Ainda que tenha ficado aquém nalguns aspetos, Kill Me é um episódio que abraça esta particularidade da mulher e a trabalha de forma significativa, aproveitando os talentos da suas atrizes. A banda sonora também continua a surpreender, ainda que as figuras masculinas, mais uma vez, fiquem bastante atrás do seu potencial. Ed está a tornar-se incomodativo, não por não percebermos a sua posição, mas porque vai de encontro aos meros clichés que, de alguma forma, sempre esperámos que ele não se inserisse.

Outra característica importante é que Meryl Streep é uma figura a temer, não apenas pela sua insistência em provar a inocência do filho, como é fulcral para puxar as fragilidades mais puras de Celeste, uma Nicole Kidman extraordinária a cada momento. Mesmo não tendo sido fenomenal, este episódio tem alguns aspetos interessantes e continua a provar que Big Little Lies ainda tem alguns trunfos na manga até chegar ao fim.

Big Little Lies 2x05

Leiam o nosso Frame by Frame anterior de Big Little Lies aqui.

0 74 100 1

74%
Average Rating

Apesar de uns twists engraçados e de Meryl Streep continuar a brilhar, Big Little Lies continua demasiado calma, agora que está a aproximar do fim. Ainda assim as prestações e a aposta nas características mais importantes da mulher continuem em alta.

  • 74%

Comments