DC Universe's Swamp Thing Frame by Frame TV

Swamp Thing – 1×05 – Drive All Night

PODE CONTER SPOILERS DE SWAMP THING!!!

Há que apreciar um pouco mais de Swamp Thing nesta temporada. Não só tem sido uma fonte surpreendente de desenvolvimento dos principais intervenientes, mas a sua componente de terror tem-se mantido praticamente consistente do princípio até agora. E este episódio redobra nessas suas forças.

Neste episódio, Abby (Crystal Reed) vê-se obrigada a enfrentar demónios do passado de forma literal quando o espírito retorcido de Shawna (Given Sharp) não só regressa, mas também possui o corpo da jovem Susie (Elle Graham), que se encontra sob a guarda dos Sunderlands. Entretanto, Swamp Thing (Derek Mears) recebe a visita de um estranho (Macon Blair).

Swamp Thing 1x05

Até agora, Swamp Thing tem feito uso do seu personagem titular de forma um tanto ou quanto esporádico, tanto para oferecer algum tipo de contexto sobre os eventos sobrenaturais que assombram Marais, mas também para oferecer algumas questões sobre a sua própria humanidade. No entanto, e apesar de essas mesmas cenas terem o seu franco apelo, simplesmente não adiantam muito sobre o que o personagem consegue fazer.

E é aqui que entra o dito estranho, interpretado por Macon Blair com o seu toque de mistério. Pouco ou nada descobrimos sobre ele, mas também pouco importa, uma vez que cumpre com a sua função de auxiliar não só Swamp Thing na sua crise existencial, mas também de alargar o seu leque de habilidades ainda por explorar. É uma adição curta, mas que traz consigo alguns resultados surpreendentes.

Swamp Thing 1x05

Mas acima de tudo, Swamp Thing é uma série da DC que assume uma postura mais à base de terror, e até agora tem funcionado às mil maravilhas, misturando um pouco de body horror com elementos mais tradicionais. O mesmo se aplica neste episódio da série, que adota uma postura mais tradicional ao exibir uma clássica possessão. Até agora, Susie tem sido uma espécie de gatilho para uma boa porção dos eventos que têm decorrido até agora, mas também tem sido uma certa fonte de desilusão. Daí de incluir a jovem na narrativa da possessão ser uma fonte de ar fresco para a série.

Também ajuda quando o espírito em si tenha uns conflitos em aberto com os Sunderlands e Abby Arcane, mas é a última que consegue arrancar a maior parte das boas impressões. Sim, vermos Maria (Virginia Madsen) a lidar com uma perda pessoal tem o seu toque mais empático, mas existe algo de especial ao vermos Crystal Reed a desfazer-se em lágrimas por causa de uma dor que nunca esqueceu. Valendo o que vale, esta narrativa abre as portas para uma nova ameaça para a série e que não deixará ninguém indiferente.

Swamp Thing 1x05

Até mesmo os vilões da série tiveram algum tempo de antena, se bem que os resultados possam ser mistos. Por um lado, vemos Jason Woodrue (Kevin Durand) cada vez mais obcecado com as provas que tem vindo a encontrar até agora, claramente deixando o caminho aberto para um trajeto mais vilanesco no findar da temporada; infelizmente, esta narrativa não adiciona assim nada de novo para o seu personagem.

O mesmo já não se pode dizer de Avery (Will Patton). Este já tem vindo a mostrar o seu lado mais horrendo por detrás daquele seu charme sedutor, e este episódio continua a adicionar mais provas de não ser o exemplo de virtude da povoação, seja a encontrar-se num caso extra-conjugal – e com a Xerife Cable (Jennifer Beals), ainda por cima! – como também está disposto a não só fazer ameaças, como levá-las avante só para poder salvar a sua pele.

Infelizmente, nem todas as personagens recebem o mesmo tipo de carinho. Isto aplica-se a Madame Xanadu (Jeryl Prescott), que continua a aparecer aonde não é chamada e a espalhar mais uma dose de enigmas. Outro caso é o de Daniel (Ian Ziering), que continua envolto em mistério e mensagens crípticas, sem sabermos nada em concreto. Valendo o que vale, ao menos ficamos com uma ideia mais ou menos clara da sua função em Marais, mas fora isso, continua a ser outra fonte de desilusão.

Podem ler o Frame By Frame anterior de Swamp Thing aqui.

0 76 100 1
76%
Average Rating

Swamp Thing continua a dar cartas no terror, mas é na maior parte das suas personagens que saca os seus maiores trunfos.

  • 76%

Comments