Mini-Reviews TV TV

Billions – Season Finale – 4ª Temporada

Billions Season Finale

CONTÉM SPOILERS DE BILLIONS!

Os magnatas de Wall Street estão de volta, com novas intrigas e problemas, e uma frenética corrida para se certificarem que os seus bolsos e carteiras nunca esvaziem. Axe e Chuck colaboram juntos e precisam de se aliar contra as novas ameaças que surgem. Billions regressa novamente em boa forma, ainda que a sua temática continue, num tom pessoal, a não conseguir conquistar verdadeiramente.

O MELHOR:

O elenco de Billions é bastante talentoso e é o que nos salva da temática aborrecida.

Billions Season Finale

É através dos seus protagonistas, Damian Lewis e Paul Giamatti, e de todo o elenco secundário, que Billions vai mostrando ao seu público que é possível criar uma empatia direta com pessoas execráveis e psicologicamente debilitadas. Os diálogos são extremamente inteligentes e revelam um cuidado com as particularidades de personalidade dos seus protagonistas. Ao contrário de outros registos do género, Billions é uma série que entende bem a sua temática, e articula as personagens (dando-lhes constantemente novas camadas) através da sua procura frenética por poder (ou melhor… mais poder do que já têm). É quando os conflitos chegam ao auge que Billions atinge o seu clímax, proporcionando verdadeiros momentos de tensão.

A banda sonora é também uma personagem secundária importante, já que atribui ainda mais carisma às personagens. Asia Kate Dillon revela-se uma adição fabulosa ao elenco (já cá anda há algum tempo mas a sua personagem não cessa em evoluir) e vai ganhando cada vez mais destaque, quebrando o círculo principal de protagonistas e dando um toque mais intriguista a Billions.

Billions Season Finale

Os atores convidados são também importantes e contribuem para que o charme de Billions permaneça, desde Jeffrey DeMunn até John Malkovich. São tão empolgantes quanto as relações dos protagonistas, e por vezes até os superam em relevância.

O PIOR:

Billions continua a ser extremamente densa e não consegue cativar-me na sua totalidade porque foge completamente a uma área de interesse pessoal.

Isto, para quem entende o meio em que se insere, acaba por ser uma experiência certamente mais gratificante. Para mim, pessoalmente, Billions é chata e os enredos de novela que começaram a brotar na constante procura por poder ainda me aborrecem mais. Mas isto trata-se de um gosto pessoal, ainda que reconheça toda a sua qualidade.

A personagem de Maggie Siff é também um pouco incomodativa, já que transmite a sensação de ser um pouco um “peixe fora d’água” dentro do elenco possante de Billions e não parece estar a ser arrastada para um meio em que poderia certamente meter-se à parte.

Entende-se a intenção dos argumentistas, mas é no constante jogo de gato e rato entre os protagonistas que a série ainda vai puxando a minha curiosidade. Portanto, fãs de Wall Street, terão uma temporada magnífica e que irá satisfazer todas as vossas exigências, não fãs de economia, finanças e lavagens de dinheiro, mantenham-se distantes desta série ou serão 12 horas de tédio.

Billions Season Finale

Estado da Série: RENOVADA

Leiam a nossa Mini-Review anterior de Billions aqui.

0 66 100 1
66%
Average Rating

Billions continua a ter personagens bastante boas, mas a sua temática continua a ser demasiado densa para não adeptos da temática das finanças e da economia.

  • 66%

Comments