Mini-Reviews TV The Twilight Zone TV

The Twilight Zone – Season Finale – 1ª Temporada

The Twilight Zone

PODE CONTER SPOILERS DE THE TWILIGHT ZONE!

The Twilight Zone (1959-1964) foi uma série de TV de imenso sucesso, mesmo nos dias de hoje, sobre pessoas mundanas que se encontram em situações extraordinárias em realidades paralelas. É tão emblemática que  Jordan Peele, a mente por detrás de Get Out, trouxe de volta o conceito. Numa versão que não corresponde totalmente às expectativas, entramos na quinta dimensão ao longo de 11 episódios.

The Twilight Zone

O MELHOR:

Um dos aspectos mais cativantes desta nova versão é, sem dúvida, o incrível e talentoso elenco. The Twilight Zone tem um dos elencos mais conhecidos que já vi numa série de TV, com nomes como David Epstein, Taissa Farmiga, Ginnifer Goodwin, Kumail Nanjiani, Jacob Tremblay, entre outros.

The Twilight Zone tem episódios e conceitos interessantes. Aconselho para quem gosta de ficção científica com uma pitada de terror, apesar de preferir a versão de 1958.

A caracterização das personagens e o uso de efeitos especiais destacam-se pela positiva, como seria de esperar de uma série deste calibre e com a pressão que advém de ser baseada numa obra já tão aclamada.

The Twilight Zone

O PIOR:

Infelizmente, sinto que a 1ª temporada de The Twilight Zone fica aquém das expectativas. Prometia ser algo em grande, mas o diálogo e a escrita dos episódios em si não deixa grande impacto; principalmente por estar alguém como Jordan Peele, que é uma das grandes promessas no género de terror, envolvido na produção. Há episódios em que a ideia é curiosa, mas a execução não é a melhor, como podemos verificar logo no 1º episódio, The Comedian.

As personagens são muito superficiais e o incrível e diverso elenco não é aproveitado da melhor maneira. É difícil conseguir apreciar os episódios quando não conseguimos estabelecer uma conexão com a personagem principal. Entendo que seja difícil criar personagens complexas em tão pouco tempo por episódio, mas não é impossível.

A mensagem política e “correcta” que Jordan Peele pretende passar em muitos dos episódios consegue ser avassaladora. Quem conhece o realizador sabe dos seus princípios e das suas polémicas, e torna-se desconfortável ver que esses mesmos princípios apoderam-se do episódio, deixando pouco espaço para a qualidade.

Por fim, quero acrescentar que por vezes os episódios tornam-se aborrecidos e é fácil perder o fio à meada.

Ainda tenho esperanças que The Twilight Zone melhore para a próxima temporada. Tem tudo para ser uma excelente série de TV e fazer justiça à sua antecessora.

 

0 55 100 1
55%
Average Rating
  • 55%

Comments