Mini-Reviews TV TV

S.W.A.T. – Season Finale – 2ª Temporada

S.W.A.T. Season Finale

CONTÉM SPOILERS DE S.W.A.T.!

A equipa de intervenção mais profissional da televisão chega com os restantes episódios da sua segunda temporada. Teve altos e baixos, mas, acima de tudo, continua a trazer ação gratuita a todos os que gostam de desligar o cérebro e apreciar puro entretenimento.

O MELHOR:

S.W.A.T. pode não ter muito a favor.

Não é uma série original nem possui desenvolvimentos de personagens interessantes. Aliás é pouco forte em dimensão dramática e o formato procedural torna-se cansativo com a quantidade de episódios por temporada.

No entanto, a ação é extremamente bem ensaiada, já que explosões, tiroteios e perseguições causam a dose certa de adrenalina, graças a uma realização competente e criativa na transmissão das mesmas. De facto, o ponto mais positivo de S.W.A.T. é precisamente na diversidade de sequências que vão sendo criadas ao longo dos episódios.

S.W.A.T. Season Finale

Há um em particular, deste regresso de temporada que irá ficar na memória devido à sua relevância. Em School, a equipa recebe o alerta de que alguém planeia repetir um tiroteio numa escola e os membros recordam-se de um semelhante em tempos passados. O episódio, por si só, é capaz de nos deixar com os nervos à flor da pele e o seu desenvolvimento age como uma maneira astuta de sensibilização para uma realidade que é tão próxima nos Estados Unidos, que se torna, de alguma forma, assustadora.

Mesmo que a série não prime por ser totalmente criativa em todos os episódios, pelo menos é auxiliada por uma competente equipa de montagem, efeitos sonoros (e visuais) e de direção de fotografia. Os planos de câmara ajudam a criar o impacto que é necessário para o espectador se sentir envolto no que os seus olhos acompanham.

Shemar Moore é um protagonista carismático e Jay Harrington é também extremamente acessível, mas os restantes carecem de performances estáveis e envolventes.

S.W.A.T. Season Finale

O PIOR:

É precisamente a falta de originalidade e a repetição de casos que tornam S.W.A.T. maçadora a certo ponto.

Para além de um desenvolvimento de personagens frágil e pouco criativo. A verdade é que, embora as mesmas sejam divertidas a certo ponto (e claro, sex appeal não falta ali no meio de tantos músculos e corpos sensuais) isso não as salva da mediocridade. Os dilemas que as acompanham são já banais e não as torna mais cativantes para o público.

Mesmo assim, através da sua parte técnica extremamente bem composta, S.W.A.T. pode ser agradável para aqueles que gostam de ver algo que entretenha a um domingo pachorrento de verão.

S.W.A.T. Season Finale

Estado da Série: RENOVADA

Leiam a nossa Mini-Review anterior de S.W.A.T. aqui.

0 55 100 1

55%
Average Rating

S.W.A.T. tem um episódio extremamente forte neste regresso, mas todos os restantes são, literalmente, mais do mesmo. Apesar do carisma de alguns dos atores, as personagens são vulgares e pouco interessantes.

  • 55%

Comments