Frame by Frame The Flash TV

The Flash – 5×21 – The Girl with the Red Lightning

The Flash 5x21

PODE CONTER SPOILERS DE THE FLASH!!!

Por esta altura do campeonato, já se espera que The Flash comece a melhorar já perto do final da sua temporada. Esse é um elemento que tem sido uma marca-d’água das séries que compõem a ArrowverseThe Girl with the Red Lightning foge a essa mesma regra, no sentido de continuar a queda livre que a série tem testemunhado nesta temporada.

Neste episódio, a equipa une vários esforços para poderem impedir Grace (Sarah Carter) de prosseguir com o seu plano. Enquanto isso acontece, Joe (Jesse L. Martin) vê-se numa inesperada situação de liderança e Sherloque (Tom Cavanagh) faz tudo por tudo para poder salvar a sua amanda, Renee Adler (Kimberly Williams-Paisley).

The Flash 5x21

A narrativa tem a sua maior fonte de problemas neste episódio, especificamente quando Cicada II está no cerne das atenções. De facto, a introdução desta antagonista, tão tardia no decorrer da temporada, deixou um travo agridoce na boca de muita gente, e este episódio continua a demonstrar esse problema. Não que seja uma verdadeira força da natureza por si mesma, mas as suas motivações em geral deixam bastante a desejar. Cada um dos antagonistas principais tinham as suas devidas motivações, mas Cicada simplesmente quer aniquilar toda a meta-população numa escala global só porque sim.

Não ajuda quando os próprios membros da Team Flash encontram-se recetivos a alguns métodos, mas não a todos. É o caso de Nora (Jessica Parker Kennedy). Além de se saber que esta continua ligada mentalmente a Grace, torna-se uma fonte de raiva interna que Barry (Grant Gustin) e Iris (Candice Patton) não consintam a utilizar este método para poder estar um passo à frente da serial killer (além disso, Nora é uma adulta e é capaz de tomar as suas damned decisions!). O mesmo se aplica a Ralph (Hartley Sawyer) que, de uma forma quasi-surpreendente, acaba por ser a voz da razão durante o episódio, ligando os eventos à volta de Cicada com Eobard Thawne, e ninguém lhe ligar nenhuma. Claro, o personagem tem servido mais como comic relief do que uma verdadeira personagem a ter em conta, mas também mostrado alguns sinais de lucidez desde a sua introdução, portanto teria sido sensato dar-lhe ouvidos de vez em quando!

The Flash 5x21

Também uma fonte de raiva foram as cenas entre Sherloque e Renee. Isso não implica que não exista uma clara química entre CavanaghWilliams-Paisley, muito pelo contrário. No entanto, pouco ou nada temos visto no ecrã no que toca a este romance. Por isso, torna-se um verdadeiro exercício mental tentar aguentar com esta narrativa, que tem tanto de enternecedor como de irritante.

Felizmente, um dos poucos momentos mais brilhantes recai sobre Joe West que, para ajudar a meta-comunidade de Central City, encontra-se como o responsável da CCPD. Claro que é um bocado estranho vermos Jesse L. Martin a mostrar um Joe com dúvidas (aliás, ele tem provado ser um líder nato em várias ocasiões), mas isto permitiu-nos ver um lado do personagem raramente visto na série. E o pep talk que este recebe de Cecille (Danielle Nicolet) é também satisfatório a um certo nível.

Ainda assim, The Flash volta a surpreender pela negativa, especialmente no que toca ao facto de continuar em queda livre para o pavimento mesmo com a temporada prestes a encerrar para a próxima. Quiçá, a temporada seguinte possa ser a redenção que a série esteja a precisar, porque esta começou da melhor maneira para depois tropeçar sobre si mesma. De uma forma constante, adianta-se desde já.

Podem ler o Frame By Frame anterior de The Flash aqui.

0 50 100 1
50%
Average Rating

Aparte de uma narrativa secundária surpreendente, este penúltimo episódio de The Flash volta a mostrar as suas maiores fraquezas.

  • 50%

Comments