American Gods Frame by Frame TV

American Gods – 2×07 – Treasure of the Sun

american gods 2x07

PODE CONTER SPOILERS!

O episódio desta semana de American Gods, o penúltimo desta segunda temporada, deveria ter um nome e não era Treasure of the Sun. Era sim antes: Mad Swenney (Pablo Schreiber). Aquele que sempre foi um dos, senão o personagem mais interessante e cativante da série, tem nesta hora, a sua oportunidade de brilhar e assumir todo o destaque.

Aqui, descobrimos a fundo a sua história, quem ele foi e aquilo que realmente o tornou na pessoa que é hoje. Por trás de todo aquele mau feitio, sempre existiu um coração que teimava em querer saltar pela boca, mas que o homem tentava manter bem escondido. Aos poucos, nós fomo-nos apercebendo disso e o duende foi-nos conquistando.

Vemos o apaixonado, o pai, o marido, o guerreiro, o louco. Em cada uma destas “personagens”, Schreiber consegue superar-se e manter-nos completamente agarrados ao ecrã. Acompanhamos a sua luta há milénios atrás contra a Igreja Católica na Irlanda, contra deuses até, com flashbacks incrivelmente bem estruturados e com cenas que nos relembram o porquê de nos termos apaixonado por esta série.

american gods 2x07

As críticas às religiões são o pão nosso de cada dia em American Gods e aqui o alvo preferido é a igreja católica. Há ousadia em falar das coisas de uma perspetiva mais afrontosa, que poderá certamente ferir os mais crentes, mas é aqui que a produção ganha pontos. Quando não tem medo de arriscar e meter o dedo na ferida.

O culminar do capítulo não irá agradar a todos certamente, com a morte de um dos personagens mais importantes, mas que possibilita o crescimento da série. Mesmo que Shadow (Ricky Whittle) tenha o seu quê de importância aqui, isso não permite que o homem tenha um lugar coesa no enredo. Continua a caminhar em terreno que nem o próprio sabe e isso é estranho quando se trata de um protagonista.

Mesmo que já conheçamos melhor quem é e o que faz aqui, parece que só é introduzido quando necessário, sem a força que aquele que inicialmente era o nosso olhar neste mundo pediria. Odin (Ian McShane) tem os seus objetivos bem delineados e a guerra com Mr. World (Crispin Glover) pede que sejam feitos sacrifícios, mesmo que isso implique eliminar parceiros. Resta saber se tudo isto valerá a pena ou se há pouco mais a fazer.

american gods 2x07

Ainda que a série nos tenha trazido uns episódios iniciais mais mornos, o certo é que tem vindo a crescer e limar os erros que tinha vindo a fazer. Faltando apenas a hora final, as expetativas para o que iremos ver no final são grandes. Os dados estão lançados e é hora de jogar tudo na mesa.

American Gods tem tudo o que precisa para marcar agora na segunda temporada, resta saber se estão dispostos a isso ou apenas nos vão deixar, mais uma vez, a querer mais.

Podem ler o Frame By Frame anterior aqui.

0 90 100 1
90%
Average Rating

Ainda que American Gods nos tenha trazido uns episódios iniciais mais mornos, o certo é que tem vindo a crescer e limar os erros que tinha vindo a fazer. Faltando apenas a hora final, as expetativas para o que iremos ver no final são grandes. Os dados estão lançados e é hora de jogar tudo na mesa. 

  • 90%

Comments