DC Universe's Doom Patrol Frame by Frame TV

Doom Patrol – 1×09 – Jane Patrol

PODE CONTER SPOILERS DE DOOM PATROL!!!

Os episódios mais recentes de Doom Patrol têm feito um trabalho estupendo em explorar melhor o seu leque de personagens, com Rita (April Bowlby) e Larry (Matt Bomer) a serem alvo de transformações que avançam com as suas histórias pessoais. Jane Patrol continua com esta tendência, desta feita com evoluções em duas personagens centrais.

Após os eventos do episódio anterior, Jane (Diane Guerrero) encontra-se num estado quase catatónico, ficando presa na sua própria mente. De forma a poder ajudá-la, Cliff (Brendan Fraser) entra na sua mente e tenta trazer Jane de volta ao mundo dos vivos.

Doom Patrol 1x09

Até agora, temos visto algumas dicas sobre a mente perturbada de Crazy Jane, tanto pela presença das 64 personalidade ou da mera menção da misteriosa Underground, um local que serve de residências das personalidades. Pois bem, este episódio permitiu explorar esse local misterioso. E o resultado final não desapontou. Tivemos direito a uma Underground que faz juz ao seu nome, obtendo algumas comparações com uma rede subterrânea de uma linha de metro abandonada. Pode-se fazer imensas queixas sobre o quão mal iluminado o episódio pode ter sido, mas acaba por surtir o seu resultado que pretendia transmitir-nos.

Outro ponto a favor do episódio foi a escolha de apresentar as várias personalidades da jovem. Por um lado, pudemos ver Diane Guerrero a desdobrar-se noutras personalidades, tais como Karen ou Driver 8; no entanto, outras personalidades ganharam aqui as suas novas faces, tais como Hammerhead (Stephanie Czajkowski) ou Penny (Anna Lore). Embora isto pudesse uma oportunidade de termos uma espécie de one-woman show, este método também não é exatamente mau.

Doom Patrol 1x09

Ainda que tenha havido uma certa dose de divertimento, a verdade é que o assunto é bastante sério. O episódio atira-nos de cabeça para os traumas que viriam a definir a vida da jovem durante uma boa porção da sua vida atual. E é impossível de não sentirmos o horror de sabermos o que ela experenciou. O episódio não diz de forma direta que tipo de traumas a jovem Kay (Skye Roberts) passou; no entanto, as dicas que vão sendo partilhadas – e as reações que daí advêm – dizem bastante sobre o que precisamos de saber. E embora o episódio tenha terminado de uma forma relativamente positiva neste âmbito, a verdade é que o trauma ainda lá está, espelhando a ideia simples – e real – de que os traumas não são completamente ultrapassados.

Doom Patrol 1x09

Com Cliff por perto, também seria de esperar que explorássemos os traumas do personagem. Ainda que tal não se tenha registado, este episódio serviu para elucidar, de uma vez por todas, que este é um homem radicalmente diferente do que vimos nos constantes flashbacks. Ainda que nos proporcione algumas instância de humor devido à absurdidade de Doom PatrolBrendan Fraser conseguiu espelhar bem a dor de um homem arrependido e que faz tudo por tudo para se poder redimir dos erros do passado.

Podem ler o nosso Frame By Frame anterior de Doom Patrol aqui.

0 83 100 1
83%
Average Rating

A viagem pela mente quebrada de Crazy Jane ajuda a dar origem a outro episódio de puro deleite de Doom Patrol.

  • 83%

Comments