American Gods Frame by Frame TV

American Gods – 2×05 – The Ways of the Dead

PODE CONTER SPOILERS!

American Gods continua o seu caminho bonito na crítica politíco-social e oferece-nos mensagens realmente fortes, relembrando-nos que o passado não é assim tão distante e que a crueldade dos acontecimentos ainda hoje acontecem, mas mais mascarados e de forma diferente.

Neste capítulo, conhecemos William James a.k.a. Froggie (Warren Belle), um homem de raça negra que foi acusado de ter assassinado uma mulher branca. Não só não teve direito a um julgamento justo, como foi torturado e humilhado em praça público, apenas pela sua cor de pele. Isto aconteceu em 1909 em Cairo, nos Estados Unidos e parece um pouco surreal, mas o certo é que continua a acontecer com força nos dias atuais.

Atrás de um computador ou de um telemóvel, todos dizemos as maiores barbaridades. Todos criticamos. Todos apontamos o dedo. Seja por preconceito, por atitudes racistas ou opiniões contrárias. Fazemos julgamentos sem olhar sequer para os factos, para a história pessoal de cada um… o mundo não mudou tanto assim.

american gods 2x05

Também o tema da morte está realmente presente esta semana, com os “deuses da morte”. Tal como o caso de Mr. Ibis (Demore Barnes), para muitas pessoas, a morte faz parte da lei natural da vida e por isso todo o à vontade com a mesma; mas para outros é algo que não deve ser visto como um facto, mas sim como algo possível de alterar, como faz Samedi (Mustafa Shakir), que conhecemos apenas agora e que tenta alterar o percurso natural das coisas sempre que pode. Mesmo sendo da mesma cor, ambos apresentam opiniões distintas neste assunto, o que é realmente interessante de ver.

Este acabou por se cruzar com Laura (Emily Browning) e Mad Sweeney (Pablo Schreiber), que vão ao seu encontro de forma a alterar aquilo que aconteceu com a “noiva cadáver” de Shadow (Ricky Whitlle). O que vemos nas cenas seguintes, é realmente bom com a dupla a ser enganada pelos dois voodoo e acabarem por se envolver numa cena de sexo incrivelmente intensa. A química entre os dois até ferve!

american gods 2x05

Finalmente tivemos mais um desenvolvimento nas personagens de Salim (Omid Abtahi) e Jinn (Mousa Kraish), com ambos a questionarem aquilo que é a crença e o que acreditam. É interessante ver que ambos têm um diferente ponto de vista sobre tudo mas continuam lado a lado. Já para não dizer que resultaram muito bem as cenas entre o casal e Odin (Ian McShane), com algumas tiradas bem divertidas.

Ainda que ainda esteja um pouco confuso para nós perceber para onde a série caminha, American Gods trouxe-nos um episódio bem agradável, com algum desenvolvimentos em personagens queridas para o público e com cenas que certamente já estarão nas melhores da temporada. Com apenas mais 3 horas até ao final, as expetativas para o que vem aí são muitas… espero não me desiludir!

Podem ler o nosso Frame By Frame anterior aqui. 

0 79 100 1
79%
Average Rating

American Gods trouxe-nos um episódio bem agradável, com algum desenvolvimentos em personagens queridas para o público e com cenas que certamente já estarão nas melhores da temporada.

  • 79%

Comments