Frame by Frame Supergirl TV

Supergirl – 4×17 – All About Eve

PODE CONTER SPOILERS DE SUPERGIRL!!!

A presença de Jon Cryer e de algumas das mais surpreendentes revelações ajudaram a revitalizar Supergirl num momentos bastante crucial. No entanto, e apesar da sua sombra estar bastante presente, a sua ausência faz-se sentir.

Sem quaisquer pistas sobre o paradeiro de Lex, Kara (Melissa Benoist) junta forças com Alex (Chyler Leigh) e Lena (Katie McGrath) em busca de uma das suas cúmplices, Eve Teschamcher (Andrea Brooks). Ao mesmo tempo, J’onn (David Harewood), numa das suas crises existenciais, pede ajuda a uma fonte surpreendente. James (Mehcad Brooks), agora recuperado, encontra-se de volta ao ativo, o que desperta a preocupação de Kelly (Azie Tesfai).

Supergirl 4x17

A narrativa principal pertenceu às mulheres mais fortes de Supergirl, e oh boy, was it worth it! Já lá vai algum tempo desde que Supergirl, Alex Danvers e Lena Luthor se juntaram para resolver um mistério. No entanto, a grande diferença é que, nesta temporada, as coisas não estavam exatamente amenas, com uma espécie de falta de confiança entre Supergirl e Lena, já para não falar do apreensismo de Alex quanto à super-heroína.

No entanto, pelo bem maior – neste caso, a busca por Lex -, as três deixam de lado as suas diferenças e colocam mãos à obra de uma forma muito mais eficaz do que a DEO ou as outras autoridades conseguiram fazer. Estes três proporcionaram alguns momentos de puro deleite, mas também tiveram direito a demonstrar alguns momentos mais dramáticos, especialmente Kara a admitir a sua própria hipocrisia e de como uma tática arriscada acabaria por salvar vidas. Claro que isto não irá durar muito, visto que Lena ainda possui alguns segredos por revelar, mas para já, esta nova equipa veio para ficar. E em bom timing, visto que o episódio encerra de uma forma surpreende que denegriu a imagem pública de Supergirl, logo, esta precisará de toda a ajuda disponível.

Por outro lado, J’onn também recebe uma boa porção do episódio dedicado à sua crise existencial após ter renegado a sua via pacífica e optado por violência. Isto despoleta uma reunião surpreendente com M’yrnn (Carl Lumbly), que se prontifica a dar na cabeça de J’onn por ter falhado na sua missão. Fora alguns momentos hilariantes (como a chávena de c-afé), David Harewood tem aqui a oportunidade de soltar toda a sua raiva numa cena que tem tanto de emocional como de introspetivo. E assim, o nosso bem amado Martian Manhunter está de volta, em toda a sua glória!

Supergirl 4x17

Entretanto, James está mais do que pronto para regressar ao ativo após ter sido alvo de assassinato. No entanto, quando uma pessoa passa por um evento deste género, seria inevitável que surgissem represálias, e James passa claramente pelas passas do Algarve, tentando demonstrar o seu bem-estar, mas deixando patente de forma bastante subtil que nada está assim tão bem. Mehcad Brooks pode continuar em desiludir devido a ser um “pão sem sal”, sem muito para oferecer (pelo menos já deixou a sua fase de Guardian para trás!). E é por isso que a presença de Kelly Olsen acaba por mostrar algo de novo. BrooksTesfai demonstram uma química competente, pelo menos o suficiente para deixarem transparecer uma ligação fraternal.

Ainda assim, e apesar da sombra de Lex e dos seus aliados, fica a ideia de que, tirando a parte final do episódio, pouco ou nada foi apresentado que seja propriamente inédito. Claro que há personagens que ganham uma nova dimensão aqui e acolá, e também tivemos direito a momentos tanto hilariantes como dramáticos, mas fica a ideia de que Supergirl andou com um ritmo bastante lento, sacrificando o avanço da narrativa.

Está longe de ser um dos melhores episódios, mas considerando a péssima fase em que Supergirl se encontrava há umas semanas, consegue entreter minimamente.

Podem ler o Frame By Frame anterior de Supergirl aqui.

0 65 100 1
65%
Average Rating

Apesar da ausência física de Lex Luthor, a sua sombra persiste neste episódio de Supergirl, dando origem a alguns momentos bem executados de forma geral.

  • 65%

Comments