Frame by Frame Star Trek: Discovery TV

Star Trek: Discovery – 2×10 – The Red Angel

Star Trek: Discovery 2x10

PODE CONTER SPOILERS DE STAR TREK: DISCOVERY!!!

Aos poucos e poucos, alguns dos mistérios introduzidos de Star Trek: Discovery vão sendo descobertos numa base semanal e, nesse processo, surgem sempre novas perguntas que precisam de respostas de uma forma bastante urgente. O mistério em volta do misterioso Anjo Vermelho mais do que se aplica nesta ocasião, se bem que, com tudo e mais alguma coisa a acontecer ao mesmo tempo, esse mistério acaba por ser colocado de parte. Pois bem, conforme o título indicado, o episódio desta semana centra-se precisamente neste mistério pendente, ainda que a execução deixa bastante a desejar.

Após o funeral da tenente Airiam (Hannah Cheesman), a tripulação da U.S.S. Discovery descobre uma ligação profunda entre o Anjo e Michael Burnham (Sonequa Martin-Green). Munidos deste detalhe sórdido (mas não surpreendente), a tripulação, juntamente com a ajuda da Section 31, montam uma operação para tentar capturar este ser misterioso.

Star Trek: Discovery 2x10

O mistério em volta do Anjo Vermelho tem a sua dose para se tornar num ponto de referência na temporada, mas este tem sido praticamente colocado de parte sempre que questões como Spock (Ethan Peck), os conflitos com a Section 31, a chegada de um oponente que parece que retirou os seus planos para a Humanidade diretamente da saga de Terminator, entre outros, estiveram sempre na ordem do dia, tornando este mistério particular praticamente irrelevante. Este episódio compensou essa ignorância ao focar-se praticamente neste ser, o que acaba por resolver alguns pontos em aberto.

No entanto, a forma como é elaborada é, de uma certa forma, aborrecida, muito graças ao uso de exposição através de troca de diálogos. Esta é uma técnica narrativa que muitas séries e filmes utilizam ou para prosseguir na história ou para conceder alguns detalhes importantes. Esta técnica, quando usada de forma correta, consegue esclarecer alguns pontos bem assentes; no entanto, Star Trek: Discovery despeja praticamente tudo de uma só vez, fazendo com que a audiência perca o rumo de raciocínio.

Star Trek: Discovery 2x10

Apesar desta heavy exposition, a verdade é que esta sobredose de informação acaba por surtir os seus resultados, especialmente para Michael Burnham. A personagem não só recebe a ideia de que ela está profundamente ligada ao Anjo Vermelho, como também descobre algumas verdades sobre a sua família de sangue. Sonequa Martin-Green tem sido surpreendente durante o curso deste últimos episódios, mas em The Red Angel, a atriz ganha novos desafios que acabam por ser superados com sucesso, desde a sua interação complicada com Leland (Alan Van Sprang), a sua relação com Spock ou mesmo com Ash (Shazad Latif)… Tivemos bastantes elementos referentes à personagem neste episódio, e a atriz foi surpreendente em todos eles.

O que nos leva, também, à eventual revelação da identidade do Anjo. Durante semanas, fãs da série têm construindo várias teorias referentes a essa identidade, com uma delas a ser mesmo empregue no episódio. O que nos leva à revelação no cliffhanger que, embora surpreendente, dá origem a ainda mais questões por responder do que respostas oferecidas e uma forma bastante satisfatória. Considerando que Star Trek: Discovery terminará a sua segunda temporada daqui a 4 episódios, fica a questão se a série conseguirá manter a qualidade que esta tentou estabelecer e tem conseguido executar na maior parte do seu tempo.

Podem ler o nosso Frame By Frame anterior de Star Trek: Discovery aqui.

0 72 100 1
72%
Average Rating

Apesar de alguns momentos bem executados e revelações surpreendentes, o uso de heavy exposition acabam por prejudicar o mais recente episódio de Star Trek: Discovery.

  • 72%

Comments