DC Universe's Doom Patrol Frame by Frame TV

Doom Patrol – 1×06 – Doom Patrol Patrol

Doom Patrol 1x06

PODE CONTER SPOILERS DE DOOM PATROL!!!

Tal como várias equipas de super-heróis nas bandas desenhadas, o grupo conhecido como Doom Patrol também passou por várias alterações no que refere aos elementos deste grupo. E por vezes, várias gerações desses mesmos grupos interagem entre si, como se se tratasse de um passar de um testemunho. Esse é o mesmo princípio que se aplica a este episódio de Doom Patrol.

“Manipulada” por Mr. Nobody, Jane (Diane Guerrero) convence Rita (April Bowlby) e Larry (Matt Bomer) a investigarem a primeira itineração da equipa, composta por Steve Dayton (Will Kemp), Arani Desai (Jasmine Kaur) e Rhea (Lesa Wilson). Enquanto isso, Cliff (Brendan Fraser) e Victor (Joivan Wade) ficam confinados na mansão, aguardando a chegada de Silas Stone (Phil Morris).

Doom Patrol 1x06

Doom Patrol Patrol é uma das raras instâncias em que o humor característico da série não desempenha um fator preferencial, mas isso não implica, necessariamente, que os elementos mais absurdos de Doom Patrol não marque presença. Isso está mais do que claro quando vemos os flashbacks que retratam o primeiro contacto da Doom Patrol com Mr. Nobody, que inclui um balão com um formato “interessante” e uma jukebox que leva as pessoas à loucura.

Apesar do nível bizarro em alta, a verdade é que as interações entre as duas incarnações da equipa acabaram por desempenhar a maior fatia do episódio, também com os seus francos resultados. Um desses casos é o character development, com Rita Farr no centro. Os 5 episódios anteriores têm feito os seus esforços para desenvolver outras personagens como Cliff Steele, Jane, Larry Trainor ou, numa dimensão mais pequena, Victor Stone. No entanto, nesses casos, Rita tem sido praticamente relegada para segundo plano, salvo para alguns momentos cruciais. Este episódio acaba por regressar à personagem e, no processo, apresentar-nos mais um passo em frente para esta colocar os seus traumas de parte e abraçar o seu novo papel. Um desafio que April Bowlby demonstrou cumprir de forma bastante satisfatória.

Por outro lado, a Doom Patrol original também deu o ar de sua graças. Ainda que não tenham obtido o mesmo tipo de atenção que Rita recebeu (Rhea nunca é vista, vá-se lá saber o porquê), serviram o seu propósito de demonstrar o que acontece quando alguém enfrente a força da natureza que é Mr. Nobody, o que dá um ar mais trágico nesta ex-equipa.

Doom Patrol 1x06

No entanto, Doom Patrol Patrol acaba por ser o elemento mais fraco da temporada, até à data. Mesmo com a ausência de Alan Tudyk Timothy Daltonesses mesmos episódios ficaram a ganhar graças ao seu humor negro e absurdo. Infelizmente, e apesar de alguns momentos que definiram Doom Patrol desde o seu lançamento, o humor esteve praticamente ausente.

Também não ajuda que Victor e Cliff tenham sido relegados para segundo plano. Apesar de haver algum potencial numa espécie de ligação entre os dois ciborgues, esse potencial é colocado de parte no momento em que Silas Stone entra em cena, voltando a insistir na relação familiar complicada dos Stones e na rivalidade entre Silas e Niles Caulder.

Apesar disso, Doom Patrol Patrol não deixa de ser um bom episódio de uma série que se tem revelado como uma verdadeira surpresa deste ano.

Podem ler o nosso Frame By Frame anterior de Doom Patrol aqui.

0 70 100 1
70%
Average Rating

Doom Patrol pode ter abandonado o humor - e duas personagens - neste episódio, mas os vários momentos que proporciona conseguem redimir essas falhas.

  • 70%

Comments