Mini-Reviews TV Siren TV

Siren – Midseason Finale – 2ª Temporada

Siren

PODE CONTER SPOILERS DE SIREN!

Siren aparentava ser mais uma série do mesmo molde, sem grande impacto. A primeira temporada foi bastante boa, e a cada episódio Siren solidificava-se com um bom elenco e uma história interessante. Conhecemos Ryn (Eline Powell), Ben Alex Roe) e Maddie (Fola Evans-Akingbola), e o apelo à preservação dos peixes nos oceanos foi um elemento que elevou a qualidade de Siren.

Agora, com uma nova temporada cheia de personagens novos, dramas menos “soap opera” e um apelo ambiental ainda mais forte, Siren prova que está aqui para ficar, quando o trio tem de encontrar maneira de ajudar um grupo muito maior de sereias, cujo lar é ameaçado por uma petrolífera.

 

Siren

O MELHOR:

As novas caras de Siren, apesar de desconhecidas, dão um novo ar à série. O elenco trabalha bem em conjunto, existe muito talento e é bom ver que o elenco original não perdeu o seu brilho.

A personagem de Eline Powell, Ryn, está cada vez mais desenvolvida e começamos a realmente afeiçoar-nos, tanto a ela como ao resto do trio. É bom conhecer mais sobre as personagens e ver uma maior complexidade.

Siren está cada vez mais “madura” e destaca-se de séries mindless juvenis. Tornou-se mais gráfica, mais dramática e o diálogo melhorou, apesar de ainda não ser perfeito. Fiquei surpreendida pela morte de certas personagens e pelos “riscos” que a série agora toma.

Por fim, aplaudo imenso a crescente sensibilização ambiental. Desta vez não é sobre pesca em demasia, mas sim sobre as grandes petrolíferas e os danos que causam aos nossos oceanos. Acredito que a mensagem chegará a muitos jovens (e não tão jovens) e que fará a diferença, é fantástico ver a centralização num problema que é bem real actualmente. Faço figas para que este aspecto sobre a série não mude.

Siren

O PIOR:

Siren continua a ter um diálogo cheesy e exagera um pouco naquele olhar de “sou uma sereia e sou muito ameaçadora”, torna-se um bocado constrangedor.

Nesta nova temporada, as relações mudaram e nem sempre para o melhor. O triângulo amoroso que se forma é desnecessário. Compreendo o porquê de quererem incluir isso na série, pois o trio torna-se cada vez mais unido, no entanto parece forçado e fora do lugar.

Os efeitos especiais por vezes são mal feitos e dão aspecto “barato” à série. O que é uma pena, pois Siren tem visuais bastante bonitos e singulares, especialmente com a caracterização das sereias.

 

Siren deixou-nos o mid-season finale com um grande cliffhanger, e estou ansiosa por ver. É uma série que vai ganhando mais popularidade, e de certeza que terá muito sucesso no futuro!

Podem ler a review da primeira temporada aqui.

0 85 100 1
85%
Average Rating
  • 85%

Comments