Arrow Frame by Frame TV

Arrow – 7×15 – Training Day

Arrow 7x15

PODE CONTER SPOILERS DE ARROW!!!

Como já podem ter reparado nos episódios mais recente de Arrow, temos vindo a testemunhar um novo status quo, com Oliver (Stephen Amell) a aliarem-se à SCPD e tornarem-se uma força legal de luta contra o crime. Embora os episódios anteriores não tenham explorado esta nova dinâmica a fundo, este episódio acaba por centrar-se nessa questão.

Oliver e o resto da Team Arrow inauguram a sua primeira operação oficial com a SCPD. No entanto, nada corre conforme o planeado. Entretanto, Laurel (Katie Cassidy) tenta encontrar o culpado de um assassinato; e no futuro, William (Ben Lewis) e Mia (Katherine McNamara) procuram por um leitor de cassetes com o intuito de ouvir a mensagem deixada por Felicity (Emily Bett Rickards).

Arrow 7x15

A ideia de termos a Team Arrow a operar de uma forma legal em conjunto com as autoridades é uma ideia interessante, e seria inevitável que houvesse um confronto de ideologias entre as partes. Embora tal se tenha registado neste episódio, o resultado ficou bastante aquém do esperado. Não só foram debatidos os mesmos argumentos que já tínhamos ouvido antes durante o curso da série, mas também tivemos direito a alguns momentos, no mínimo, cringe worthy. A juntar-se a um elemento com potencial para ser algo bem melhor demonstrado, tivemos direito a Andrew Kavadas como James Midas, que acaba por representar o que há de mal com os antagonistas menores que Arrow nos apresentou até agora: um snobe arrogante com a personalidade nos valores mínimos.

Tudo isto para que este segmento principal consiga chegar ao ponto que não só faz mais sentido para o conflito aberto, mas devia ter sido uma ação a tomar logo no início quando esta situação começou. Vamos ver se este novo status quo consiga demonstrar melhores resultados do que antes.

Arrow 7x15

Se o enredo principal falhou, talvez pudéssemos encontrar a esperança nos enredos secundários do episódio. E apesar de não serem propriamente demonstrações exímias do que Arrow consegue oferecer, cumpriram com o intuito de entreter as massas e deixar algumas dicas para outras surpresas reservadas.

Um desses casos é o de Laurel, que tenta investigar a – confirmada! – morte de Ricardo Diaz em Slabside. Este episódio não só saiu benéfica para esta antiga inimiga (que agora encontra-se perante um verdadeiro dilema), mas também deu-nos um breve regresso de Bronze Tiger (Michael Jai White) que, além de continuar no seu trajeto de redenção, também apresenta-nos um pouco da sua vida privada, que poderá trazer algumas ramificações para o futuro.

Arrow 7x15

Falando em futuro, parece que os flashforwards ganharam um novo fulgor agora que decidiram voltar a focar-se na parelha entre William e Mia. Este duo foi um dos poucos chamarizes do episódio anterior, e foi bom vermos esta nova dinâmica ao vivo e a cores numa aplicação real. Além de estarem de tratar de assuntos sérios e dramáticos (como pede este soap opera), também houveram momentos de bom humor passado, além de nos dar um pequeno tease de mais coisas que poderão ocorrer no troço desta penúltima temporada.

Podem ler o nosso Frame By Frame anterior de Arrow aqui.

0 55 100 1
55%
Average Rating

E assim, Arrow volta a cair na mesma esparrela do costume, excluindo as narrativas secundárias.

  • 55%

Comments