Cinema Críticas

Crítica: Raiders of the Lost Ark (1981)

Raiders of the Lost Ark

Raiders of the Lost Ark é a primeira aventura do arqueólogo mais conhecido do mundo do cinema, Indiana Jones. Uma personagem que está gravada na memória de muitos.

Decorria o ano de 1936 quando, depois de perder mais um artefacto para o seu maior rival o arqueólogo Indiana é interpelado pelo governo dos Estados Unidos. Com a perspectiva de encontrar a “arca da aliança” antes dos nazis, o professor Jones parte à aventura. Tendo como companhia o seu fiel amigo Sallah, ainda reencontra um antigo amor.

Raiders of the Lost Ark

Conta a história da génese desta obra que Spielberg, sonhava produzir um filme de James Bond. É quando, de férias, se encontra com George Lucas, que lhe apresentou um rascunho do que seria Raiders of the Lost Ark. Spielberg ficou entusiasmado com a perspectiva de criar um “James Bond sem equipamentos” como carinhosamente apelidou esta obra.

O que Lucas e Spielberg desenvolveram juntos foi um filme inovador, completamente destemido e até audaz ao trazer a mistura na dose certa de aventura, ação, mistério e romance. Mas mais que o filme foi a personagem, Indiana Jones, que conquistou o mundo.

Existe uma certa magia quando um casting é quase como que perfeito. Harrison Ford e o seu Indiana que o digam. Ford deu vida a este homem, já por si cheio de vida. O coração de Indiana estava inteiramente ligado ao que fazia, à arqueologia. Mais que procurar tesouros o professor Jones amava a história e os seus segredos, respirava aventura e o desconhecido. Ele tinha também, uma certa inocência, ingenuidade associada à sua personalidade, que o tornavam ainda mais atraente.

Raiders of the Lost Ark

É verdade que a história do filme é simples, parece até que tem pouca substância na sua essência. Contudo o que lhe falta em substância tem de sobra em aventura, audácia e entretenimento. Mais que uma grande história Lucas e Spielberg criaram um marco no mundo do cinema. Uma personagem que atravessaria gerações, que um dia poderá ser reinventada, reeditada, mas que, permanecerá na História, tal como os artefactos que o próprio Indiana Jones tanto ama e procura.

E a banda sonora de Indiana Jones? Se hoje alguém decidir fazer o exercício de rever o filme, a primeira coisa que faz ao procurar o filme é trautear a música. É a maior demonstração que uma banda sonora pode ser marcante. Hoje, quase quarenta anos depois conseguimos identificar com precisão a música que John Williams criou para este aventureiro Indiana Jones.

O impacto, a música, a aventura estará sempre associado a Indiana Jones. E quando assim é, quando algo que é criado deixa marca na história do cinema estamos perante um monumental clássico.

Leiam outras Críticas aqui.

Título: Os Salteadores da Arca Perdida

Título Original: Raiders of the Lost Ark

Realização: Steven Spielberg

Elenco: Harrison Ford, Karen Allen, Paul Freeman, Alfred Molina, John Rhys-Davies

Duração: 115 minutos

Trailer | Raiders of the Lost Ark

Comments