Mini-Reviews TV TV

Young Justice: Outsiders – Midseason Finale – 3ª Temporada

Young Justice: Outsiders midseason finale

PODE CONTER SPOILERS DE YOUNG JUSTICE: OUTSIDERS!!!

Ninguém esperava que Young Justice se tornasse numa das melhores séries animadas da DC até hoje. No entanto, a série – que teve a sua origem na Cartoon Network – amealhou uma grande legião de fãs durante as suas duas primeiras temporadas, seja pelo vasto elenco de personagens cativantes ou uma narrativa envolvente que usa o método da “ameaça da semana” acoplada com algumas dicas sobre a ameaça principal. Infelizmente, e ao fim de duas temporadas, a série acabou por ser cancelada, para grande desagrado de fãs em todo o mundo. Numa reviravolta de eventos, a DC Comics anunciou o seu próprio serviço de streaming, a DC Universe. E com esse anúncio, também chegaram a confirmação de algumas séries originais em live-action. E o revival de Young Justice, subtitulado de Outsiders – com a equipa original! – foi uma das confirmações! E este ano, os fãs tiveram a oportunidade de matarem as suas saudades!

Esta nova temporada decorre dois anos após os eventos de Young Justice: Invasion. Enquanto grande parte da Justice League tenta encontrar maneiras de recuperar o apoio do público, alguns ex-membros concentram os seus esforços num grande problema: o tráfico de meta-humanos!

Young Justice Outsiders midseason finale

O MELHOR:

Young Justice está de volta e melhor do que nunca!

A série animada sempre soube balançar o humor e o drama durante o curso das suas temporadas. E Outsiders não é exceção. Embora os primeiros três episódios tenham-se focado mais no drama do que no humor, este segundo aspeto é resgatado a partir dos episódio seguintes, além de recuperar aquela fórmula semanal a que nos habituámos. Embora possa haver alguma falta de ligação entre os episódios em si, a verdade é que a nossa paciência acaba por ser recompensada sob a forma de recaps antes de um grande evento. É uma ligação a uma narrativa principal que não esperava encontrar nesta nova versão, mas que acaba por surtir os seus efeitos.

E falando na narrativa principal, a escolha em abordar o tema do tráfico de meta-humanos acaba por causar uma controvérsia que nos faz pensar. Durante o curso da temporada, vamos descobrindo que alguns humanos que possuam um meta-gene adormecido são raptados, despertos de forma forçada e depois condicionados e vendidos às várias super-potências existentes. Não é um tema fácil de exibir, mesmo numa série de ficção, muito pela proximidade com um problema sócio-político que assombra o nosso mundo na nossa atualidade. E francamente, acaba por resultar, mesmo numa série animada.

Young Justice retém os mesmos elementos gráficos que nos seduziram nas temporadas originais. No entanto, o vínculo com a DC Universe permite à série alargar os seus horizontes. Embora existam episódios perfeitamente indicados aos mais novos, Young Justice: Outsiders revela-se ainda mais indicado para um público mais adulto, muito pela presença abundante de sangue em cada ocasião, cenas bastante gráficas ou mesmo pela temática do tráfico.

Young Justice: Outsiders midseason finale

E como já seria de esperar, o elenco de Young Justice: Outsiders continua a ser um dos grandes destaques da série. O período de dois anos que separam esta temporada e a anterior não se compara com o intervalo de tempo entre a primeira e a segunda temporadas. No entanto, temos direito a ver alguns desenvolvimentos surpreendentes. Antigos líderes de equipa recebem novas promoções ou mesmo escolhas profissionais completamente diferentes, há sempre algo de novo para encontrarmos. Além de velhos favoritos como Nightwing, Superboy, Miss Martian ou Artemis/Tigress, tivemos também a inclusão de outros fan favourites da DC Comics, tais como Black Lightning, Spoiler, Orphan, até mesmo Cyborg… a lista continua.

No entanto, são os titulares Outsiders que roubam as atenções. Esta pode não a versão que os fãs já se habituaram anos antes, mas este grupo – que consiste em Brion Markov (Troy Baker), Halo (Zehra Fazal) e Forager (Jason Spisak) – também deixa a sua dose de surpresas. Durante este curso de 13 episódios, os três novatos vão aprendendo a lidar com os seus novos poderes, além de tentarem encontrar o seu lugar num mundo que não os aceita propriamente.

O PIOR:

Por incrível que possa parecer, não temos exatamente muita coisa para apontar negativamente sobre Young Justice: Outsiders.

A série foi lançada sempre em grupos de 3 episódios por semana (tirando os desta semana, que foram logo 4!), o que mostra um método de distribuição diferente do habitual. E embora tenhamos visto episódios bastante sólidos, também houveram outros que, apesar de não serem maus, simplesmente não conseguiram puxar pelo interesse.

Não se preocupem, fãs de Young JusticeOutsiders ainda regressará no Verão deste ano. Embora a espera possa ser longa, o facto de termos séries como Doom Patrol ou Swamp Thing já nos ajuda a mitigar essa saudade.

Podem ler outros Mini-Reviews aqui.

0 86 100 1
86%
Average Rating

Seis anos após o cancelamento de Young Justice, a série foi ressuscitada pelas mãos da DC Universe com esta terceira temporada, Outsiders. E o resultado é o regresso de um fan favourite que amadureceu durante este período.

  • 86%

Comments