Arrow Frame by Frame TV

Arrow – 7×10 – My Name Is Emiko Queen

Arrow 7x10

PODE CONTER SPOILERS DE ARROW!!!

Era apenas uma questão de tempo até Arrow voltar a cair nas águas da amargura. A sétima temporada deu-nos bastantes razões para podermos apreciar este novo status quo – que sofreu uma mudança interessante antes do mais recente crossover. No entanto, este episódio acabou por oferecer o que já nos habituámos na série, e não no bom sentido.

Oliver (Stephen Amell) começa o seu primeiro dia como consultor especializado da SCPD. No entanto, esse mesmo dia leva a uma revelação bastante tensa. Ao mesmo tempo, a nova Green Arrow, Emiko (Sea Shimooka) prossegue com a sua missão pessoal, encontrando alguns obstáculos ao longo do trajeto. Entretanto, Diggle (David Ramsey) e Lyla (Audrey Marie Anderson) tentam apertar com Ricardo Diaz (Kirk Acevedo), o que leva a uma medida extrema.

Arrow 7x10

Durante semanas, o mistério da identidade do novo Green Arrow tem sido uma das temáticas mais bem guardadas durante uma boa porção da sétima temporada. Com o mistério resolvido, esperava-se que esta nova introdução trouxesse algo de novo para esta mitologia. Infelizmente, o resultado não é nada positivo. Nada contra Sea Shimooka, uma vez que esta é a sua primeira tentativa oficial e ainda tem um longo caminho por percorrer. No entanto, fica a ideia de que esta sua versão é, na prática, uma versão “cópia barata” de Oliver no passado, quando este só via vingança em frente. A atriz possui uma presença física invejável, mas as suas motivações são verdadeiramente básicas e sem algo de novo para nos contar.

Pelo menos, dá para ocupar tempo para Rene (Rick Gonzalez). Antes um dos personagens mais mal utilizados na temporada, a introdução de Emiko Queen consegue trazer uma nova vida para o personagem pós-Team Arrow, aparecendo como o primeiro aliado da personagem. Resta esperar para ver se esta parceria irá continuar nos próximos episódio, ou se irá desmoronar-se a meio (e considerando que isto é Arrow, não seria surpreendente se tal acontecesse).

Arrow 7x10

Claro que esta revelação não iria passar despercebido a todos, e Oliver não foi exceção. Ainda que esta nova revelação adicione mais uma camada de drama para a família de Queen e ainda mais segredos, é de esperar que isto trouxesse algo novo para Ollie lidar. Embora tal seja testemunhado, simplesmente adiciona mais uma dose desnecessária de drama familiar para nos infernizar a paciência coletiva. Ainda por cima considerando que este era o primeiro dia do novo status quo de Oliver, e foi praticamente desperdiçado com o protagonista a exibir os seus drama queen skills novamente.

Entretanto, de acordo com a trajetória da sub-narrativa de Diggle e Lyla, parece que vamos ter um regresso da pseudo-Suicide Squad. Uma ideia deveras intrigante e que pode trazer algumas ramificações curiosas, mas à custa de mais drama desnecessário dos Diggles? Não, obrigado!

Arrow 7x10

O episódio também regressou aos flashforwards, mas isso não significa que seja algo de positivo. O que começou como uma visão pessimista do futuro pelos olhos de William e Roy acabou por tornar-se numa espécie de “Quem É Quem?” no que toca aos velhos conhecidos da série, agora com maquilhagem que os envelhece mais anos que o necessário. O que é uma pena, visto ter sido um dos poucos francamente interessantes de Arrow nesta temporada.

Podem ler o nosso Frame By Frame anterior de Arrow aqui.

0 62 100 1
62%
Average Rating

Arrow regressou após ter perdido momentaneamente a sua identidade, e apesar de ter algumas ideias interessantes, acaba por ser apenas mais um episódio banal da série.

  • 62%

Comments