Frame by Frame Marvel's The Punisher TV

The Punisher – 2×10 – The Dark Hearts of Men

The Punisher 2x10

CONTÉM SPOILERS DE THE PUNISHER!

A detetive Madani e a psicóloga Krista discutem qual dos dois protagonistas merece ser salvo, enquanto que Frank e Curt planeiam um assalto ao território de Billy. Um encontro sangrento faz com que John Pilgrim volte aos seus velhos hábitos.

Dor. Não há nada mais difícil de colocar em imagens do que ela. Dor é um mal silencioso que nos fragiliza constantemente. Que nos força a experienciar o pior sofrimento que o nosso corpo e alma são capazes de tolerar. Dor é aquela coisa que não vemos, mas sentimos. O desconhecido que brinca com as nossas emoções, com a nossa sanidade, com o nosso físico. Dor é sinónimo de tortura, infelicidade, sofrimento. Não há melhor episódio para retratar isto do que este de The Punisher.

The Punisher 2x10

Em flashbacks vamos vendo como era a relação entre Frank e Billy (Jon Bernthal e Ben Barnes continuam soberbos), e nada é mais doloroso saber que duas pessoas tão próximas e com um passado tão risonho, tentam agora infligir o pior sofrimento possível um no outro. Quase que provocam uma certa ânsia em nós de os queremos ver juntos, como amigos, a beber uma cerveja numa esplanada e a conversar sobre as mais vulgares atividades do quotidiano. É triste que o antagonismo entre ambos seja a única maneira de lhes trazer alento…

John Pilgrim também está num sofrimento terrível, assim que um seu velho conhecido tenta assassiná-lo e o transporta para o seu lado mais violento. A dor de Pilgrim é uma dor emocional gigantesca, sabendo que a sua esposa está débil e doente e os seus filhos reféns do seu patrão. A impotência em escapar duma situação dolorosa pode provocar delírio e mágoa. E é aqui que a personagem floresce verdadeiramente.

The Punisher 2x10

The Dark Hearts of Men é provavelmente o melhor episódio da temporada e, quem sabe, até mesmo da série. É tão violento quanto é reflexivo. Moralmente potente, o episódio atinge o espectador de forma abrupta, como uma bala que fica alojada no coração com um impacto assustador. Até mesmo os diálogos entre Madani e Krista embelezam as sequências, questionando os valores morais que ambas as personagens (Castle e Russo) seguem em prole de atingirem os seus fins. Tudo é moralmente condenável, mas também tudo merece uma explicação credível. Podemos mandar em muito aspeto da nossa vida, mas o amor e o ódio são algo que foge às nossas capacidades de controlo. É um episódio repleto de momentos intensos, com uma violência gráfica assustadoramente eficaz e que irá satisfazer as delícias dos fãs.

Mas cá me pergunto e penso para mim mesmo que a violência é só um adorno técnico à força moral do episódio. The Punisher é dura e cruel, mas ao mesmo tempo ainda tem uns trunfos na manga para proporcionar situações introspetivas. É este poder de reflexão que eleva este episódio a um estatuto de referência e um que merece ser apreciado na sua totalidade por todos os aspetos qualitativos que apresenta.

The Punisher 2x10

Leiam o nosso Frame by Frame anterior de The Punisher aqui.

0 95 100 1
95%
Average Rating

The Punisher finalmente atinge o seu auge, com um episódio violento mas cheio de polpa moral. É o culminar da dor e do sofrimento humano e uma abordagem significativa na vida de duas figuras icónicas da série.

  • 95%

Comments