Cinema Críticas

Crítica: Jaws (1975)

Jaws

Com o aparecimento de CGI e com a constante evolução no mundo do cinema, é normalíssimo que certas obras cinematográficas não “envelheçam” bem, e é natural que não as apreciemos da mesma maneira quando estamos numa era diferente e mais evoluída a nível tecnológico, e quando existe tanta variedade no cinema. Jaws é uma obra que se mantém lindamente e até ultrapassa muitos dos filmes de hoje em dia.

Realizado por um dos mestres do cinema, Steven SpielbergJaws centra-se na pacata ilha de Amity, onde um dia um tubarão ataca, aterrorizando a comunidade. Cabe ao xerife Brody (Roy Scheider), ao biólogo marinho Hooper (Richard Dreyfuss) e ao pescador veterano Quint (Robert Shaw) travar o animal.

Jaws

Spielberg sabia exactamente o que fazia quando realizou esta obra-prima. Em termos de história, é linear, poderosa e não se torna previsível nem ridícula como temos visto em muitos filmes deste género. Claro que vemos alguns clichés e escolhas duvidosas por parte dos protagonistas, mas são pormenores que se perdem na qualidade em todos os aspectos do filme.

Em relação às performances, todo o elenco é excelente e as personagens estão muito bem escritas. Existe a personagem do Mayor (Murray Hamilton) que é um vilão subentendido, com olho nos interesses monetários apenas; no entanto, o filme consegue humanizá-lo e de certa forma redimi-lo, algo que não é assim tão fácil de fazer. É apenas um dos exemplos de boa escrita desta obra.

O medo é despoletado no público logo de início, pois Jaws mostra-nos que ninguém está seguro, nem sequer crianças. Este método é excelente para aterrorizar o psicológico e é um dos pontos que aprecio mais em Jaws.

Por incrível que pareça, os efeitos estão incríveis, considerando que o filme é de 1975. O tubarão em si é aterrador, apesar de não ser muitas vezes visível, e existe a quantidade certa de gore que amedronta mas não “enjoa”. O ambiente animado e juvenil contrasta com o terror dos planos debaixo de água, aos olhos do tubarão.

A soundtrack, de John Williams, é icónica e inesquecível; ainda nos dias de hoje é referenciada em filmes e séries. Quem não sente um arrepio na espinha ao ouvir o tema do tubarão?

Jaws

Jaws impulsionou a carreira de Spielberg, e bem dita a hora em que foi criado. Continua a ser um ponto de referência para cinematógrafos e amantes do cinema, e vai envelhecendo como um bom vinho. Que nunca esqueçamos os clássicos!

Título: O Tubarão
Título Original: Jaws
Realizado por: Steven Spielberg
Elenco: Roy ScheiderRobert ShawRichard Dreyfuss
Duração: 124 minutos

Trailer – Jaws

Comments