Mini-Reviews TV TV

Queen America – Season Finale – 1ª Temporada

Queen America

CONTÉM SPOILERS DE QUEEN AMERICA!

Depois de Sorry For Your Loss, a mais recente aposta do Facebook no mundo das séries foi Queen America.

Queen America  é uma comédia dramática,  mostra a vida de uma coach, Vicki Ellis, no mundo dos concursos de beleza, enquanto tenta moldar a última Miss Oklahoma, Samantha,  para vencer.

Nas cidades pequenas para muitas jovens raparigas estes concursos são como uma oportunidade de novos horizontes, e muitas vezes vistas como porta de saída. Mas nem por isso e como imaginado, estes concursos deixam de ser competitivos, conflituosos e cheios de rivalidades.

O MELHOR

As personagens centrais, Vicki e Samantha.

Queen America

Catherine Zeta-Jones, com uma poderosa representação de uma ex beauty queen, que tem como objetivo de vida criar novas candidatas a Miss America. Zeta-Jones mostra o quanto este mundo pode ser dúbio. Vicki inicialmente parece-nos uma mulher decidida, poderosa, sem medos nem inseguranças, mas é aí que a série se destaca. Existe uma história de vida que se vai revelando, quando conhecemos a irmã e sobrinha de Vicki percebemos que as escolhas de vida que fez a atormentam. E a adicionar a tudo o destaque dado ao distúrbio alimentar de Vicki é importante.

Contudo a verdadeira revelação é Belle Shouse, com Samantha. Uma concorrente de uma cidade pequena que sem apoios nem orientações chega ao segundo lugar de Miss Oklahoma. Depois da vencedora ser obrigada a desistir, Samantha assume o lugar de representante de Oklahoma e passa a ser orientada por Vicki. Shouse imprime em Samantha a dose certa de ingenuidade, humildade, e carisma que nos faz torcer por ela. E tal como Vicki, Samantha tem uma história de vida para explorar, e interessante por sinal.

Queen America

Alethea Jones, produtora executiva e realizadora nos 10 episódios da série, ao revelar sem pressas o background das personagens fez uma escolha muito inteligente. Desperta-nos a curiosidade na medida adequada para que fiquemos a querer mais. Outro acerto é a forma como estes concursos são apresentados, tanto no superficialismo que logo associamos, como na oportunidade verdadeira que apresenta para muitas jovens raparigas, que de outra forma não conseguiriam uma oportunidade, de por exemplo, estudar.

O PIOR

O pouco uso das personagens secundárias, existe muito potencial nos plots secundários mas com o holofote quase sempre centrado em Vicki e Samantha, pouco ficamos a saber das restantes personagens.

Ao mesmo tempo que a adição de Regina, Judith Light, tenha sido estonteante, o facto de não se explorar mais a dinâmica Vicki/Regina é de lamentar. As duas juntas são ouro na série. E o final mesmo sendo surpreendente deixa uma sensação de frustração, tanto poderia ainda ser explorado na relação destas duas!

Queen America

A comédia é muito previsível e pouco consistente. Mesmo estando na categoria das comédias dramáticas, o humor que imprime é demasiado simplista. Queen America tinha tudo para dar certo, e, estando inteligentemente construída ao negligenciar a comédia a série perde qualidade.

Estado da série: STAND-BY

0 75 100 1

75%
Average Rating

Queen America é uma série que mostras as duas faces do mundo dos concursos de beleza. Tem em Zeta-Jone e Belle Shouse os pontos fortes mas está muito negligenciada na comédia, com clichés e piadas simplistas.

  • 75%

Comments