Frame by Frame Marvel's Runaways TV

Runaways – 2×07 – Last Rites

PODE CONTER SPOILERS DE RUNAWAYS!!!

Ora aqui estamos nós, para o início da segunda metade desta segunda temporada de Runaways. Após seis episódios de build-up característico da série, a desforra está pronta para tomar início.

Com apenas meras horas até Jonah (Julian McMahon) lançar a sua nave – e destruir Los Angeles no processo – tanto os jovens como os membro da PRIDE iniciam os seus próprios processos para derrotar o vilão. Será que os dois grupos conseguirão os seus problemas específicos em nome de um inimigo em comum?

Runaways 2x07

Jonah tem sido uma constante pedra no sapato desde a sua introdução na série. Não no sentido prejurativo; aliás, Julian McMahon mostra aqui um lado mais manipulativo sem cair nos exageros do costume, além de possuir motivações compreensíveis (tirando a parte dos sacrifícios de jovens fugitivos e sem-abrigo). Digo “pedra no sapato” no sentido de ser um único ponto em que tanto os membros da PRIDE como os seus respetivos filhos se encontram em acordo comum. No caso dos jovens, é na quantidade de corpos deixados para trás; no caso dos adultos, é a chegada àquela “gota-de-água” a fazerem coisas com as quais não estavam de acordo.

Portanto, o episódio inteiro serviu de preparativo para o grande confronto contra Jonah. Seja Alex (Rhenzy Feliz) a tentar desviar os reforços de Jonah para Las Vegas ou os Yorkes a transformarem o soro numa arma ou Janet (Ever Carradine) e um recém-desperto Victor (James Marsters) a desenvolver uma arma para usar contra a nave… Houve de tudo um pouco neste sétimo episódio.

Runaways 2x07

E, como já seria de esperar, tivemos o pay-off, com agora os jovens e adultos a juntarem forças contra Jonah. Pode não ser um grande confronto pomposo ou com elevadas sequências de combate como outras propriedades da Marvel já nos habituou. Mas mais do que a ação propriamente dita, este é um bom pretexto para a chamada catarse. Cada um dos participantes tem as suas próprias razões para derrotarem Jonah, e é esse impacto emocional que se faz sentir na grande cena do episódio.

Mas não se preocupem, o episódio ainda conta algumas emoções. Deu para ver que, mesmo dentro dos grupos, as coisas já eram bastantes frágeis e prestes a implodir. E quando se pensava que as coisas estavam a ir para bom porto, eis que a sequência final do episódio acaba por mudar as coisas por completo. Apesar de não sabermos o que virá daqui para a frente (porque o episódio teve a “decência” de nos dar um cliffhanger para vermos o episódio a seguir), fica a ideia de que as coisas, a partir daqui, nunca mais serão as mesmas. Vamos ver o que o resto da temporada nos reserva.

Podem ler o nosso Frame By Frame anterior de Runaways aqui.

0 72 100 1
72%
Average Rating

O rematch mais esperado desta temporada de Runaways tomou lugar. E embora tenha uma resolução ao gosto de todos, fica a ideia de que o rumo daqui para a frente será menos bom.

  • 72%

Comments