Cinema Críticas

Crítica: Replicas (2018)

Replicas

Não é pêra doce tentar realizar um filme de sci-fi; é um “hit or miss”, top ou flop. Replicas traz-nos a sinistra história de um cientista, Will (Keanu Reeves), que, um dia, tem um trágico acidente de carro que resulta na morte da sua mulher Mona (Alice Eve) e dos seus 3 filhos (Emjay Anthony, Emily Alyn LindAria Lyric Leabu). Desesperado e com a ajuda do seu amigo Ed  (Thomas Middleditch), Will capta a “essência” dos seus entes queridos e cria, com equipamento avançado e top secret,  réplicas da sua família.

Replicas

Sendo uma fã de Keanu Reeves, tinha certas esperanças para este filme, no entanto desilude-me dizer que é um valente flop. Logo de início achei surreal a forma como Will reage a uma tragédia tão grande, graças a um script que vai, em crescente bolinha de neve, roçando cada vez mais a insanidade.

Mais tarde, no momento em que Will prepara a sua família para o procedimento, apercebe-se de que terá que deixar alguém para trás (sabe-se lá porque incluíram este ridículo twist que em quase nada acrescentou ao filme); mais uma vez, a personagem de Reeves revela-se obviamente transtornado, mas rapidamente se esquece desse membro da família e segue a sua vida. Muito sangue frio para alguém que acabou de ter a vida arruinada.

Não gostei também de como todas as reviravoltas parecem forçadas e não naturais, e achei incrivelmente sinistro o facto de Will nem se importar mais com os corpos da sua família original.

Replicas

A nível de efeitos, sendo que têm um grande papel em filmes como este, admito que, em raros momentos, estão bem desenvolvidos. No entanto, como tudo em Replicas, rapidamente vão em downhill e é difícil não reparar na má qualidade da tecnologia e nos efeitos ridículos.

O que me incomoda mais em Replicas é que é uma obra que não sabe que direcção seguir. Apresenta-nos a história de um homem e dos limites que quebra para “salvar” a sua família, e rapidamente acrescenta camadas e camadas de uma história confusa, mal escrita, com diálogo abominável e personagens odiosas. Vi em Replicas uma oportunidade de criar algo que, embora não original, seria interessante de aprofundar. Em vez disso, ficamos com uma mess de um filme que nem na zona de sci-fi se sai bem.

Replicas tem um conceito minimamente interessante e boa cinematografia mas pára aí. É uma perda de tempo e um desperdício de talentos. É caso para dizer que dispenso uma réplica deste filme!

Título: Replicas

Título Original: Replicas

Realização: Jeffrey Nachmanoff

Elenco:  Keanu ReevesAlice EveThomas Middleditch 

Duração: 107 min.

 

Trailer – Replicas

Comments