Cinema Críticas

Crítica: Goosebumps 2: Haunted Halloween (2018)

Vivemos numa era em que o cinema (sobre)vive a apostar em sequelas. Uma das mais recentes é a de Goosebumps (para quem passou uma infância boa nos anos 90 reconhece este nome pela saga de livros de R.L. Stine, “Arrepios”, e da sua respetiva série animada). Na época de Halloween, Sonny e Sam descobrem um misterioso livro e um boneco ventriloquista que, mais tarde, ganha vida própria. Aparentemente inofensivo, este boneco, de nome Slappy, começa a desvendar um caráter maquiavélico e os jovens necessitam de evitar que ele arruíne o Dia das Bruxas.

Goosebumps 2

Podíamos dizer que Goosebumps 2: Haunted Halloween seria uma sequela leve (que não deixa de ser) e que iríamos sentir uma nostalgia carinhosa ao revivermos a nossa infância. Mas este novo capítulo de Goosebumps faz tudo menos isso. O filme é uma “trapalhada” de efeitos visuais, com uma história banal e sem qualquer substância. É oco e pouco cativante, repleto daquelas vulgaridades que estamos já fartos de conhecer no grande ecrã.

Apesar das prestações dos jovens serem agradáveis e competentes, em nada conseguem ajudar o filme. É medíocre e satiriza-se a si próprio ao colocar uma narrativa tão pouco desenvolvida. Há uma preguiça em querer fazer algo ligeiramente mais criativo (já que a exigência nunca foi muita e um bom resultado disto é exatamente o filme anterior) e Goosebumps 2 limita-se a ser um aglomerado de infantilidade desprovida de mensagem e conteúdo. Nem mesmo as linhas de diálogo cheesy salvam o filme.

Goosebumps 2

A máquina de Hollywood de “cuspir” sequelas apenas para ganhar mais uns trocos fáceis está espelhada em cada momento de Goosebumps 2. Apesar de todos estes defeitos, confesso que o boneco Slappy é realmente a estrela e o seu riso maquiavélico ainda nos leva a esboçar um sorriso aqui e acolá. Todo o resto, esquecível e sem interesse. Normalmente, filmes deste género tentam incutir uma mensagem própria, de modo a educar os mais novos para enfrentarem os seus medos e serem heróis da sua própria história. Aqui, esta mensagem é passada atabalhoadamente, completamente absorvida pela necessidade óbvia do espetáculo visual.

Nem mesmo os efeitos especiais ou a curta aparição de Jack Black trazem conforto depois de uma hora e meia de puro desinteresse. Goosebumps 2 ainda dá a entender que um próximo filme está a caminho, vejam lá vocês! Como se ainda fossem necessárias mais aventuras destas, se conteúdo ou emoção.

Goosebumps 2

Goosebumps 2: Haunted Halloween é péssimo, barulhento e pouco substancial. Não percam o vosso tempo com ele e invistam-no em algo verdadeiramente interessante.

Leiam a nossa entrevista a Madison Iseman aqui.

Título: Goosebumps 2: Arrepios no Halloween

Título Original: Goosebumps 2: Haunted Halloween

Realização: Ari Sandel

Elenco: Madison Iseman, Wendi McLendon-Covey, Jeremy Ray Taylor, Caleel Harris, Ken Jeong, Chris Parnell, Jack Black.

Duração: 89 min.

Trailer | Goosebumps 2: Haunted Halloween

Comments