300 Cinema Críticas

Crítica: 300 (2006)

300

O ano era 2006. O mercado de filmes baseados em HQs ainda não era o gigante atual ( isso viria mudar depois do lançamento de Iron Man em 2008) mas , naquele ano uma adaptação de uma HQ de Frank Miller chamaria a atenção do grande público: o filme 300.

O longa conta história de trezentos guerreiros espartanos que lutaram contra o exército massivo do rei persa Xerxes, após o mesmo pedir que eles se rendessem e ainda ameaçá-los através de um mensageiro (ameaça essa que rendeu a cena icônica que envolve um grito e um chute). O longa mostra como apenas 300 guerreiros utilizando de muita estratégia resistiram bravamente a um exército mil de vezes maior que ele. Frank Miller escreveu a HQ inspirado pelo filme Os 300 de esparta de 1962, filme esse que se baseou na Batalha de Thermopilas que realmente aconteceu. Tanto a HQ como o filmes trazem esses acontecimentos com pitadas estratégicas de fantasia.

Nessa adaptação conduzida pelo diretor  Zack Snyder, tudo foi muito bem pensado desde a paleta de cores do longa, passando por figurinos, trilha e até a forma como foi escrito o título que aparece no começo, e por causa disso, o longa é um colírio para os olhos, tanto na parte técnica quanto de roteiro. Nota-se que, apesar de serem adaptados de HQs que, muitos julgavam serem de exclusivo consumo infanto-juvenil, esse filme não poupa os expectadores de bastante violência gráfica desde seu início.

A respeito das atuações, Gerard Butler que interpreta o protagonista(Rei Leonidas), atua bem junto  de Lena Headey que interpreta sua rainha Gorgo, que apesar de ser coadjuvante, também não fica para trás. Entre os soldados espartanos temos ainda alguns nomes conhecidos como David Wenham e Michael Fassbender ambos trabalhando bem mas nenhum se destacando mais que o outro. Ainda no papel do Rei Xerxes, temos o brasileiro Rodrigo Santoro em uma de sua primeiras aparições em Hollywood.

A respeito das atuações, Gerard Butler que interpreta o protagonista(Rei Leonidas), atua bem junto  de Lena Headey que interpreta sua rainha Gorgo, que apesar de ser coadjuvante, também não fica para trás. Entre os soldados espartanos temos ainda alguns nomes conhecidos como David Wenham e Michael Fassbender ambos trabalhando bem mas nenhum se destacando mais que o outro. Ainda no papel do Rei Xerxes, temos o brasileiro Rodrigo Santoro em uma de sua primeiras aparições em Hollywood.

Titulo Original: 300

Titulo: 300

Direção: Zack Snyder

Elenco:  Gerard ButlerLena HeadeyDavid Wenham

Duração: 1h 57min

Comments