Mini-Reviews TV The Little Drummer Girl TV

The Little Drummer Girl – Series Finale – 1ª Temporada

The Little Dummer Girl series finale

CONTÉM SPOILERS DE THE LITTLE DRUMMER GIRL!

Uma bomba explode na Alemanha e os responsáveis estão ligados com uma misteriosa organização terrorista palestiniana. A inteligência israelita decide contratar uma excêntrica atriz para se infiltrar neste grupo terrorista e os aproximar diretamente com os criminosos. Num misto de amor e traição, realidade e ficção, Charlie acaba por ser aceite dentro desta vasta entidade terrorista, embrenhando-se cada vez mais num perigoso e delicado jogo.

O MELHOR:

The Little Drummer Girl é uma minissérie extremamente artística.

É através de um elenco maravilhoso e no auge da sua naturalidade performativa que esta obra televisiva ganha uma força inigualável. Florence Pugh é uma força da natureza que consegue carregar a narrativa sem qualquer problema, algo raro quando se é praticamente uma estreante no ramo. Alexander Skarsgård continua a trazer um ar sedutor para os seus novos papéis, mas agora temos a perceção do seu crescimento enquanto ator. Em vez de tentar despegar-se da imagem de playboy, o ator utiliza a sua aparência atraente para dar um misto de mistério e sensualidade potencialmente perigosa à sua mais recente personagem. Outro rosto conhecido em The Little Dummer Girl é Michael Shannon, que continua a ser um dos atores mais subvalorizados da sua geração.

The Little Dummer Girl series finale

Este trio maravilha torna esta adaptação da obra de John Le Carré numa montanha russa de emoções, capaz de rivalizar com muitas séries de espionagem do género e trazem consigo algo de novo para mostrar.

Para além do elenco, The Little Dummer Girl prima por uma realização extraordinária do realizador Park Chan-wook (o icónico realizador sul-coreano de Oldboy), que se aventura agora na televisão e nas produções em língua inglesa. Os movimentos de câmara são diversificados e a intensidade visual que o espectador recebe é incrivelmente eficaz, conseguindo prender-nos a atenção até nos momentos mais aborrecidos.

É também de salientar (quase) toda a componente técnica, desde a fotografia magnífica, ao som, design de produção e até mesmo efeitos visuais. Cria-se uma sinestesia anormalmente bela para algo do género, que em The Night Manager não estaria tão desenvolvido.

O PIOR:

No entanto, há algo de estranho no desenrolar da narrativa.

A história adensa-se e por vezes ficamos “à nora” no que estamos a ver. A prestação de Pugh é tão soberba que nos questionamos frequentemente de que lado estará ela, mas o grave problema reside na abordagem atipicamente filosófica do argumento em questão. Para tornar The Little Drummer Girl algo original, a equipa de argumentistas confere-lhe um toque dramático pouco vulgar, optando muitas vezes por atirar o espectador para as situações sem que este se aperceba ao certo o que está a acontecer.

The Little Dummer Girl series finale

Isto até pode não ser pejorativo a curto prazo, mas torna-se prejudicial a longo para captar a nossa atenção em plenitude.

Mesmo que The Little Drummer Girl consiga superar muitos dos seus defeitos, é uma obra a ser contemplada e a ser reconhecida por todo o mérito que a envolve.

Estado da Série: TERMINADA

Leiam outras Mini-Reviews aqui.

0 83 100 1
83%
Average Rating

The Little Drummer Girl é uma minissérie com uma componente técnica excelente e atores do mais alto calibre. No entanto, afoga-se demasiado numa história densa que por vezes compromete a atenção do espectador.

  • 83%

Comments