Cinema Críticas

Crítica: The Grinch (2018)

The Grinch

The Grinch, é baseado no livro infantil de Dr. Seuss, How The Grinch Stole Christmas. É já a terceira vez que este conto de Natal é adaptado ao cinema, desta vez pela a Illumination, que já nos deu filmes como Despicable Me, e The Secret Life of Pets.

O Grinch, é já uma criatura mítica no imaginário de todos. Aquela criatura verde que “odeia” o Natal e faz de tudo para o destruir. Vive na vila de Whoville, uma vila que, ao contrário do Grinch (Benedict Cumberbatch),  “ama” o Natal. Com o desafio da Mayor de tornar o Natal três vezes maior, uma árvore de Natal gigantesca é iluminada. Numa celebração conjunta com os whos a participarem, com muita música, luzes, acaba por irritar ainda mais o maldisposto Grinch. E ele decide então “roubar” o Natal para acabar com a alegria de todos.

The Grinch

Em antítese ao protagonista, aparece Cindy Lou. Ela precisa de encontrar o Pai Natal com urgência para fazer um pedido, e é com Cindy que o filme ganha o espírito de Natal que todos ainda queremos acreditar que existe. A bondade, o carinho e amor que Cindy Lou transmite acabam por transformar o coração do Grinch.

Cheney e Mosier com esta versão deram ao público uma visão mais leve e divertida da história de Dr. Seuss. Torna-se difícil não fazer comparações aos anteriores. No entanto, neste filme perde-se aquela sensação de mundo estranho e esquisito que se sentia no live action de 2000 com Jim Carrey como Grinch em How The Grinch Stole Christmas. Isto pode ser bom ou mau, depende muito do gosto de cada um. Mas ao contrário de Carrey, Cumberbatch não imprimiu nada de novo à personagem querida por tantos.

The Grinch

Este filme é, sem dúvida alguma, para crianças apreciarem e totalmente direcionado a elas. Quanto aos mais adultos podem apreciar a qualidade do que visualmente foi construído. As cores são vibrantes e saltam logo à vista. As pequenas casas Whoville fazem lembrar as famosas gingerbread houses, tudo neste filme grita Natal. Os pequenos detalhes do filme, são o que ele tem de melhor, a “gordinha” rena Fred que o grinch encontra e “adota”, o fiel cão Max que é um amor. Para além que, todas as “geringonças” criadas pelo Grinch e planos de ação são fascinantes.

Ter ainda, Pharrell Williams a narrar a história,como que alguém que nos está a ler um livro, é encantador e transporta-nos para o próprio mundo do filme.

Finalmente, a banda sonora do filme, de Danny Elfman,  é maravilhosa. Inclui desde clássicos de Natal a uma deslumbrante interpretação de God Rest Ye Merry Gentlemen dos Pentatonix, à canção You’re a mean one de Bob Malone.

Título: Grinch

Título Original: The Grinch

Realização: Yarrow Cheney, Scott Mosier

Elenco: Benedict Cumberbatch, Cameron Seely, Rashida Jones , Pharrell Williams, Angela Lansbury

Duração: 86 minutos

Trailer | The Grinch

Comments