Frame by Frame The Flash TV

The Flash – 5×05 – All Doll’d Up

CONTÉM SPOILERS!!!

Tal como ArrowThe Flash varia entre “surpreendentemente bom”, “razoável” e “simplesmente mau”. Infelizmente, este All Doll’d Up cai exatamente nesta última categoria.

Neste episódio, Barry (Grant Gustin) e Iris (Candice Patton) juntam forças para encontrarem um misterioso meta-humano, denominado de Rag Doll (Troy James). Enquanto isso, Ralph (Hartley Sawyer), Sherloque (Tom Cavanagh) e Cisco (Carlos Valdes) ajudam Caitlin (Danielle Panabaker) a encontrar o seu pai há muito desaparecido.

The Flash 5x05

Este episódio pode ter sido uma desilusão em vários campos, mas os West-Allen com certeza não o foram. Francamente, já lá vai algum tempo desde que Barry e Iris juntaram forças para um objetivo comum sem estarem separados por muito tempo. E este episódio relembrou-nos um bocado dessa força há muito perdida.

Mas dos dois, foi Iris a surpresa do episódio. Além de ter de lidar com o meta-humano da semana (já vos falo um pouco sobre ele mais abaixo), também teve de lidar com a relação cada vez mais decadente entre ela e Nora (Jessica Parker Kennedy). Felizmente, o episódio conseguiu dar umas faíscas de melhores dias para as duas mulheres.

The Flash 5x05

Infelizmente, e mais uma vez, é o “monstro da semana” que deixa bastante a desejar (o que já parece de praxe na série nesta altura do campeonato). Não se desenganem: Rag Doll é uma cara “conhecida” para os amantes da DC Comics. E o personagem tem o fator creepy no sítio certo [ajuda quando se tem Troy James, o Pretzel Jack de Channel Zero: The Dream Door, a desempenhar os seus movimentos (aliás, podem ler a sua Mini-Review aqui); e Phil LaMarr também não desilude como a voz por trás da máscara]. Mas aí é que está o problema: é creepy e nada mais do que isso. As suas motivações são frágeis, no mínimo, e a forma como foi impedido foi de péssimo gosto (leia-se, fora das câmaras).

Mas se existe um calcanhar de Aquiles em The Flash, esse calcanhar assume a forma do elenco secundário. Inicialmente, o subplot de Caitlin à procura do seu pai tinha todos os elementos para ser material de interesse para a personagem. Infelizmente, e como esta narrativa não tem o desenvolvimento necessário para ser cativante, tornou-se como uma escapatória para personagens sem qualquer tipo de interesse terem um pouco de relevância. Nem mesmo o regresso de Cisco consegue ser cativante o suficiente, e o seu momento de dúvida parece bastante familiar. Muito por já ter sido exposto tantas e tantas vezes no passado!

Em suma, este regresso da série após o mini-hiato revelou-se uma desilusão que nem mesmo o drama da Casa West-Allen consegue salvar.

Podem ler o nosso Frame By Frame anterior de The Flash aqui.

0 48 100 1
48%
Average Rating

O vilão do episódio e um subplot desinteressante marcaram o regresso de The Flash a níveis medíocres que nem mesmo os West-Allen podem salvar.

  • 48%

Comments