Mini-Reviews TV The Purge TV

The Purge – Season Finale – 1ª Temporada

CONTÉM SPOILERS DA PRIMEIRA TEMPORADA DE THE PURGE!

Em 2013, James DeMonaco trouxe-nos um certo filme de terror chamado The Purge. Nele, uma família abastada vê-se a tentar sobreviver numa das noites anuais da Purga, uma noite em que, durante 12 horas, todo o tipo de crime – incluído assassinato – eram completamente legais. Apesar de não ter sido exatamente bem recebido por parte da crítica especializada, o filme ganhou um estatuto de culto entre os fãs do género (além de ser um dos poucos exemplos do modus operandi da Blumhouse: pegar em filmes de orçamento reduzido e torná-los em sucessos de bilheteira), dando origem a duas sequelas e a uma prequela recente. E agora, volvidos 5 anos, DeMonaco volta a abordar a mesma temática, desta vez através de uma série antológica e exibida pela USA Network.

Decorrendo entre os eventos de The First PurgeThe Purge: Election Year, a série acompanha um grupo de estranhos, cada um com as suas motivações, a tentarem sobreviver a uma das anuais noites da Purga. No entanto, será que o formato televisivo mostrou melhores resultados do que os filmes?

The Purge season finale

O MELHOR:

Ficou bem patente na nossa crítica a The First Purge que esta saga não é exatamente a mesma sem a orientação de Steven DeMonaco ao leme, regredindo para uma história de pura violência e que pouco investe nas suas mensagens ocultos sobre o estado da sociedade norte-americana. Felizmente, a série não comete esse mesmo erro que a prequela. Ainda que possua umas arestas por limar e com urgência, existe uma dimensão sócio-cultural que The Purge não deixa esconder durante o decorrer de 10 episódios.

O PIOR:

Esta série é a “cara chapada” dos filmes, só que agora em formato televisivo. As adaptações televisivas de filmes conceituados têm uma oportunidade de, num espaço de temporadas de 10, 13, 18, 23 ou 24 episódio, explorar melhor os seus personagens (um desses casos de maior sucesso é Lethal Weapon). Portanto, The Purge tinha duas rotas: ou seguia o exemplo da série da FOX ou arriscava-se a seguir a mesma rota que tantas outras adaptações televisivas de filmes.

The Purge season finale

Infelizmente, The Purge nunca foi conhecida por desenvolver bem as personagens intervenientes (tirando uma ou outra exceção). E esse grande defeito fez a migração do grande ecrã para o pequeno. O problema de conjugar um vasto elenco de personagens é de não conseguir dar um equilíbrio harmonioso entre cada um deles, de não dar subplots decentes ou de os próprios atores não conseguirem estar à altura dos desafios propostos. Infelizmente, a série comete esse mesmos erros. Por vezes, estamos mais concentrados em enredos que não têm o apelo necessário; enquanto tal acontece, enredos no mínimo intrigantes não têm a atenção necessária.

Os próprios atores principais da série também não ajudam em nada. Estes tentam fazer o melhor que podem com o material de B-movie que têm em mãos; infelizmente, o esforço coletivo cai por terra logo no momento em que estes tentam interagir uns com os outros ou com outros personagens secundários, notando-se ou uma falta de experiência na indústria ou então a vontade de obterem “dinheiro fácil”.

The Purge season finale

No fim e ao cabo, este é um produto de The Purge, independentemente do formato. Ou seja, se alguma viram, pelo menos, um filme da saga, já deverão saber o que esperar da série. Uma parte da série dedicada a conhecer os intervenientes, outra parte a decorrer durante a noite da Purga, repleta de eventos violentos e/ou macabros e culminando num epílogo que não podia ser mais cliché possível. E esta versão televisiva torna a apostar na mesma fórmula. E com os elementos aqui presente, é preferível vermos um filme de The Purge (porque só desperdiçamos 2 horas das nossas vidas) do que aguentar 10 episódios de uma série que não tem nada de novo para nos contar e que já saibamos.

Contra todas as expectativas, e considerando o seu estatuto anterior de “série limitada”, a USA Network renovou The Purge para uma segunda temporada. Go figure that one!

Podem ler a nossa crítica ao filme The First Purge aqui.

Estado da série: RENOVADA

0 52 100 1
52%
Average Rating

Quem é que achou que criar uma série de The Purge era uma boa ideia? Serve mais como um mero complemento a uma saga desgasta do que propriamente uma adaptação que quer contar algo de novo ou de uma forma inédita.

  • 52%

Comments