Frame by Frame Legends of Tomorrow TV

Legends of Tomorrow – 4×03 – Dancing Queen

Legends of Tomorrow 4x03

CONTÉM SPOILERS!!!

Enquanto as várias séries da The CW/DC Comics continuam a enveredar por caminhos mais negros, existe sempre Legends of Tomorrow que, através de várias (des)aventuras, continua a fazer-nos soltar umas fortes gargalhadas do início ao fim.

Desta feita, as Lendas viajam para Londres nos anos 70, à procura de um Fugitivo que se infiltrou num grupo de punk rock. Ao contrário de todas as expectativas, é Ray (Brandon Routh) por ser o infiltrador de serviço. Entretanto, Nate (Nick Zano) começa o seu primeiro dia na Time Bureau.

Legends of Tomorrow 4x03

Legends of Tomorrow tem ao seu dispor um vasto leque de personagens que pode usar e abusar para contar as suas histórias absurdas. Infelizmente, tal não significa que todos tenham o mesmo tipo de atenção. E neste caso, Ray é uma das personagens que tem servido como o “bonzinho da fita”, o comic relief sem ter muito para oferecer. Dancing Queen conseguiu dar o destaque que este herói há muito precisava e que funciona a seu favor. Por momentos, Ray é obrigado a quebrar algumas regras para cumprir a sua missão, o que leva a algumas cenas tão absurdas que só podiam vir de uma série destas.

E mesmo o grupo antagonista – um grupo de punk rock que dedica o seu tempo a causar umas partidas – está longe de ser o estereótipo ligado aos amantes deste género. Especialmente no que se toca à sua líder, Charlie (Anjli Mohindra), que demonstra um lado sensível e que goza de uma dimensão raramente vista na série.

Legends of Tomorrow 4x03

Este episódio também reforçou a posição de Constantine (Matt Ryan) dentro da equipa. Mesmo na sua série a solo, pouco ou nada soubemos sobre o passado misterioso do personagem. Este episódio serviu para corrigir um pouco isso, a levantar um pouco o véu sobre a tragédia que é a sua vida antes de aprender os mistérios da magia negra. E a relação deste com a equipa também não foi propriamente esquecida. Enquanto a rivalidade entre Constantine e Mick (Dominic Purcell) tem o propósito de humor, é com Zari (Tala Ashe) com quem Constantine cria elos de forma rápida. Aos poucos e poucos, este personagem inédito cada vez mais vai ganhando o seu lugar. Pelo menos, por agora.

Entretanto, o segmento de Nate como o novo membro da Time Bureau foi o que teve os seus quês a apontar. Felizmente, a parelha improvável entre Nate e Gary (Adam Tsekhman) também acaba por ser um chamariz improvável do episódio. Embora a sua aventura secundária nada tenha a haver com a trama principal, é um aparte mais agradável que ajuda a desenvolver um pouco mais de Nate já pós-Amaya. Aliás, quantos são os segmentos em Legends of Tomorrow que se “atrevem a desafiar”?

Além disso, e isto sim, é um spoiler, a forma como trouxeram Maisie Richardson-Sellers de volta ao elenco é interessante e que vai redefinir as várias relações na série daqui em diante.

Podem ler o nosso Frame By Frame anterior de Legends of Tomorrow aqui.

0 74 100 1
74%
Average Rating

Entre uma viagem aos anos 70, um character development sólido e um regresso inesperado, Legends of Tomorrow continua a ser o herói ignorado da The CW/DC Comics.

  • 74%

Comments