Cinema Críticas

Crítica: [Rec] (2007)

Rec critica de cinema

“Um dos melhores filmes de terror que já vi”. “Um reintrodução do termo horror”. “Genuinamente assustador… realmente ASSUSTADOR”. 

Estes são apenas alguns dos comentários que encontramos na internet, quando o assunto é o filme [Rec]. Confesso que já vi o filme algumas vezes, mas dificilmente esquecerei a primeira, na sala de cinema. Fui com um grupo de amigos e tinhamos a sala só para nós, aproveitando aquela situação para cada um escolher o seu lugar, todos longe uns dos outros.

Resultado? No final do filme, estávamos todos juntos, colados uns aos outros e aterrorizados. No verdadeiro sentido da palavra. Foi das sensações mais incríveis que já tive e, por isso, não havia filme melhor sobre o qual escrever, agora que estamos a chegar ao Halloween.

A longa conta a história da jornalista Ângela Vidal (Manuela Velasco), que juntamente com o seu operador de imagem, Pablo (Pablo Rosso), acompanham uma visita de um grupo de bombeiros a uma ocorrência num prédio de habitação, depois dos vizinhos serem atormentados pelos gritos de uma vizinha idosa. Rapidamente aquilo toma repercussões mais sérias e o apartamento é isolado, devido ao risco de uma epidemia.

Rec critica de cinema

[Rec] é filmado sobre o ponto de vista da câmara, o que parece por um lado algo caseiro, mas por outro filmado por um profissional e aqui, existe um dos grandes trunfos do filme. Somos completamente transportados para o ambiente, para tudo aquilo que está a acontecer e, naquela altura, este efeito ainda era pouco explorado.

Se isto já não fosse suficientemente agradável e inovador, à medida que os minutos vão passando, a narrativa segue um rumo inesperado e deparamo-nos com um surto de mortos-vivos, que é tão bem conseguido, como explicado. Tudo começou com um exorcismo que deu para o torto de uma jovem portuguesa, Tristana Medeiros e vamos descobrindo como se foi espalhando para os moradores daquele edifício e para as reais consequências disso.

Existe uma tensão crescente e graças à interpretação dos atores, sentimos o terror pelo qual estão a passar. Os gritos, os sustos, o inesperado, tudo isto vai acontecendo sem que quase seja possível respirar. Não há jump-scares gratuítos, não há saídas fáceis e o argumento está de parabéns por isso.

Rec critica de cinema

A realização sabe muito bem como nos encaminhar em todos os andares daquele sítio, em todas as salas escuras, no medo daquilo que vamos ver a seguir. Pensar que é um produto espanhol ainda me deixa mais feliz. Há qualquer coisa de diferente ali, não sei se pelo jeito dos nuestros hermanos, se por todos os astros se terem alinhado quando o filme foi produzido. O certo é que resulta.

O sucesso foi tal, que obviamente os americanos quiserem criar a sua própria versão, Quarentena que, como acontece na maioria das vezes, não chegou nem aos calcanhares da original. Aqui, tudo parece acontecer com tamanha naturalidade, que é como se fizéssemos parte daquela noite dos demónios. Talvez por criarem uma envolvência no público, ora pelo uso de depoimentos de todos, ora por tentarem mostrar o que está a acontecer sem esconderem nada.

Não somos só meros observadores. Somos integrantes e testemunhas. Descobrimos tudo o que acontece, juntamente com os protagonistas e é aí que está a chave do sucesso. Com já 3 continuações não tão bem conseguidas, [Rec] vive por si só como um filme único. Conquistou o público, conquistou a crítica e merece realmente ser visto. Se estão à de um bom filme, com direito a sustos, tensão e originalidade, este é sem dúvida, um must-see.

Título: [Rec]
Realizado por: Jaume Balagueró, Paco Plaza
Elenco: Manuela Velasco, Ferran Terraza, Jorge-Yaman Serrano, Pablo Rosso, David Vert
Duração: 78 minutos

TRAILER | [REC]

Comments