American Horror Story Frame by Frame TV

American Horror Story: Apocalypse – 8×07 – Traitor

PODE CONTER SPOILERS!

É impossível não ficar satisfeito com tudo o que tem acontecido nesta temporada de American Horror Story. Parece que está tudo realmente bem pensado, as peças têm encaixado na perfeição e as nossas perguntas vão sendo respondidas aos poucos.

“Será que se vão esquecer disto? Será que não vão explicar aquilo?” são questões que sempre estiveram na nossa cabeça, talvez por alguns erros que os anos passados tiveram. Mas aqui, talvez na temporada mais difícil, tudo flui e faz sentido. E é tão agradável!

Aqui, continuamos em flashback antes do apocalipse mas a narrativa mantém-se interessante. Cordelia (Sarah Paulson) e o seu clã já sabem quem realmente é Michael Langdon (Cody Fern) e agora já têm noção como tentarem resolver isso. E a solução que encontram faz-nos vibrar porque vemos alguém do terceiro ano da série.

Papa Legba (Lance Reddick) aparece depois da Suprema procurar a nova rainha do voodu, Dinah Stevens (Adina Porter) e lhe pedir para invocar o guardião da morte, de maneira a fazer um acordo que destrua o Anticristo. A grande surpresa é quem o espiríto tem a seu lado. Nada mais, nada menos que Nan (Jamie Brewer), a bruxa que faltava. Foi tão bom rever os dois, ainda que o acordo não tenha surtido efeito.

american horror story 8x07

Quem também regressa ao elenco é Joan Collins, numa personagem diferente da sua no início. Ela é uma atriz veterana, que tem o poder de ler as mentes das pessoas. Obviamente que isso é uma mais-valia para o clã, principalmente para descobrirem o que os warlocks andam a tramar. Melhor ainda é vê-la ao lado de Myrtle. As duas são maravilhosas e Collins e Frances Conroy brilham, mostrando como realmente se faz.

Já que estamos a falar de bruxas, falemos de Mallory (Billie Lourd). Mais uma vez esta faz coisas que nenhuma outra consegue e por isso, decidem levá-la a fazer os Seven Wonders, de maneira a verem se ela é a próxima suprema. Ela passa com distinção no teste, ressuscitando John Henry (Cheyenne Jackson) para terminar em grande. Ainda assim, não creio que ela seja a próxima “rainha”.

Acredito que ela é um ser superior, quase do género de Langdon, mas do lado do bem. Um anjo, um Deus. E estou ansioso para ver o confronto entre os dois lados!

american horror story 8x07

Para terminar em grande, vemos como Meade (Kathy Bates) realmente morreu, queimada na fogueira ao lado dos dois traidores, Ariel e Baldwin. Só falta mesmo saber como ela se tornou um robô. A cena final é incrível, vemos o nosso grupo a mostrar que ainda têm algo a dizer e, agora, a 3 episódios do fim, estou com as expetativas ainda mais altas para o que vem aí.

American Horror Story prova que ainda se consegue reinventar e viciar-nos, ao ponto de ser difícil esperar uma semana pelo próximo episódio. Não sei se só iremos acompanhar o momento presente no último capítulo, mas sinceramente isso já não me incomoda, visto estarmos a ver algo bem explicado e que nos enche as medidas.

Podem ler o Frame by Frame anterior aqui. 

0 86 100 1
86%
Average Rating

American Horror Story prova que ainda se consegue reinventar e viciar-nos, ao ponto de ser difícil esperar uma semana pelo próximo episódio.

  • 86%

Comments