Cinema Críticas

Crítica: Ghostbusters (2016)

Ghostbusters

Ghostbusters: Answer the Call é o remake do clássico de cinema de 1984 com o mesmo nome. Nesta versão, Abby é uma cientista que estuda o paranormal. Juntamente com a sua amiga Erin tenta provar que os fantasmas existem. Quando algumas aparições ocorrem em Manhattan, elas recorrem a uma engenheira louca, Jillian para as ajudar. Mais tarde uma nova-iorquina de longa data junta-se à equipa por já se ter cruzado com fantasmas. Quando descobrem que a causa destes acontecimentos não é acidental, as quatro mulheres preparam-se para encarar uma batalha épica com estas criaturas.

Na altura em que saiu este filme dividiu opiniões. Alguns amaram, outros odiaram. Uma situação já considerada comum em relação a blockbusters que tentam recriar e, como neste caso, adaptar clássicos bastante populares. O principal twist nesta versão é o girl power. Ou seja, a mesma ideia mas com atrizes. Logo a partida parece ser algo que tem um grande risco de correr mal. E na opinião de muitos correu! Mas tentando fugir de comparações, Ghostbusters não é inteiramente um flop.

Ghostbusters

Este filme é divertido. Talvez um pouco exagerado, mas no contexto da história retratada não tinha como não ser. É um exagero aceitável e assumido, que nos permite apreciar o filme e soltar umas gargalhadas, não dele mas com ele. Apenas sofreu em certos momentos ao estender o mesmo assunto cómico por demasiado tempo, saturando-o.

É perceptível a criatividade presente no design dos fantasmas, ainda assim cruzada com influências do original. O grafismo e efeitos visuais destes elementos também são aceitáveis. No entanto as batalhas tornam-se aborrecidas pela falta de inovação. Os ataques e estratégias das nossas personagens principais, ao encarar os fantasmas, são os mesmos do início ao fim. Isto baixa o entusiasmo nos momentos que deveriam ser os mais energéticos do filme.

Ghostbusters

Há com certeza muita presença feminina em Ghostbusters: Answer the Call. Sendo considerado por muitos o passo mais arriscado e principal falha desta adaptação, não é algo que roube o brilho do plot em causa. A história retratada não é afectada nem re-direccionada para se adaptar ao facto do protagonismo ser de mulheres. Ou seja, vinga só por si, transmite bem uma mensagem forte que seria sempre eficaz independentemente do género das personagens.

Em conclusão, Ghostbusters: Answer the Call é um remake que se sustenta pela sua diversão e transmissão de uma boa mensagem. Ainda assim comete alguns erros, mas não significativos o suficiente para arruinar a experiência de o ver.

Título: Caça-Fantasmas

Título Original: Ghostbusters: Answer the Call

Realização: Paul Feig

Elenco: Kristen Wiig, Melissa McCarthy, Kate McKinnon, Leslie Jones, Chris Hemsworth

Duração: 116 minutos

Trailer | Ghostbusters

Comments