Cinema Críticas

Crítica: Hocus Pocus (1993)

Hocus Pocus

Em Hocus Pocus três bruxas reaparecem no presente em Salem. Trezentos anos antes, depois de serem condenadas e executadas laçam um feitiço que permitirá que voltem no futuro. Esta volta só é possível quando um descrente Max (Omri Katz) acende a vela negra que por uma noite faz com que as bruxas voltem e lancem o caos na pequena cidade de Salem. Depois do erro feito Max consegue fugir com a irmã Dani (Thora Birch), a namorada Allison (Vinessa Shaw) e o livro de feitiços. Isto faz com que as bruxas tenham de correr atrás do tempo pois precisam do livro e de crianças para lançarem um feitiço de imortalidade.

Hocus Pocus

Hocus Pocus é daqueles filmes que nos ficam na memória, celebra na perfeição o que o Halloween é para as crianças, diversão, doces, brincadeira e sorrisos. Ao mesmo tempo não deixa de ser um filme “tolo” que não faz muito sentido, mas nem por isso consegue perder o toque de irresistível. Chamemos-lhe um guilty pleasure, pois é nessas categorias que o vamos encontrar hoje, nos já adultos que um dia em criança viram e se apaixonaram pelo filme.

O segredo do filme poderia estar no carisma e química das irmãs Sanderson. Midler, Parker e Najimy fazem um trabalho genial como três bruxas más com Midler a liderar o grupo. Vinte e cinco anos depois ainda é fácil reconhecer os toques certeiros que cada uma das atrizes deu às suas respetivas bruxas. Numa das melhores cenas vemos as três vaguear confusas pelas ruas de Salem sem entender que criaturas as habitam, sendo que são as crianças da cidade mascaradas para o Halloween. Ou ainda quando invadem uma festa e cantam a imortal “I put a spell on you”, Midler tem nesta cena o melhor momento de todo o filme. Não é de admirar que tanto se fale atualmente em fazer um remake.

Hocus Pocus

O único e talvez grande problema de Hocus Pocus está na sua incoerência, ao se tentar criar uma comédia com um pequeno toque de terror, fica no ar uma sensação de humor tonto e simplista. Não nos podemos esquecer que é uma produção da Disney com Ortega no comando, e verdade seja dita o filme não procura ser mais do que aquilo que é, uma celebração do Halloween tendo em vista o entretenimento de crianças.

Título: Três Bruxas Loucas

Título Original: Hocus Pocus

Realização: Kenny Ortega

Elenco: Bette Midler, Sarah Jessica Parker, Kathy Najimy, Sean Murray, Vinessa Shaw, Thora Birch

Duração: 96 minutos

Trailer | Hocus Pocus

Comments